Flamengo tem apenas 2 jogadores na Seleção do Brasileirão 2020

Gabigol e Gerson representam o rubro-negro carioca, enquanto Cuesta e Edenilson marcarão presença pelo Internacional.

Foto: Alexandre Vidal

O meia-atacante Claudinho foi eleito revelação e melhor jogador da série A no prêmio “Craque do Brasileirão”, da CBF, segundo apurou o UOL Esporte. O destaque do Red Bull Bragantino ainda garantiu presença na seleção do campeonato em votação com a participação de jornalistas, capitães e treinadores dos 20 clubes da primeira divisão.

Abel Braga, do Interacional, foi eleito o melhor técnico do torneio. A votação foi encerrada na noite da última sexta-feira (19). A entrega dos prêmios será realizada na próxima sexta (26), no auditório da sede da CBF, no Rio de Janeiro.

Grande estrela da festa oficial da Confederação Brasileira de Futebol, Claudinho ainda luta para confirmar mais prêmio, o de artilheiro. O jogador do Red Bull Bragantino já marcou 17 gols no Brasileirão e lidera a lista ao lado de Marinho, do Santos, Thiago Galhardo, do Inter, e Luciano, do São Paulo. O desempenho do quarteto na última rodada, marcada para quinta-feira (25), decidirá o troféu de goleador. Gabigol, com 14 marcados, surge logo atrás.

Caso confirme a terceira taça individual na festa de sexta-feira, Claudinho entrará para a história como o jogador mais premiado desde que a CBF padronizou o “Craque do Brasileirão”, em 2005. Jô, melhor jogador e artilheiro em 2017, Fred, melhor jogador e artilheiro em 2012, e Keirrison, artilheiro em revelação em 2008, levaram duas premiações individuais no mesmo ano.

Destaques de Fla e Inter na seleção
Na disputa pelo título brasileiro até a última rodada, Flamengo e Internacional terão seus destaques na seleção dos 11 melhores jogadores do campeonato. Gabigol e Gerson representam o rubro-negro carioca, enquanto Cuesta e Edenilson marcarão presença pelo colorado.

Marinho, do Santos, completa a dupla de ataque da seleção eleita em votação da CBF. No meio, Vina, do Ceará, faz companhia a Claudinho, Gerson e Edenilson.

Impasse sobre festa
Marcada para sexta-feira, a festa de entrega dos prêmios ainda gera dor de cabeça na CBF. Inicialmente, dirigentes da confederação defendiam uma festa realizada de maneira totalmente virtual – em função da pandemia de covid-19 que ainda atinge intensamente o país. O presidente da entidade, Rogério Caboclo, no entanto, se mostrou contra a ideia e defendeu um evento presencial.

Detentor dos direitos de transmissão do campeonato na TV aberta, principal parceiro de mídia e co-produtor da festa, o Grupo Globo não concordou com o projeto do cartola. Executivos da empresa não aprovaram a ideia de enviar profissionais para o evento em local fechado – auditório da sede da CBF.

Contrariada, a Globo chegou a vetar a presença de jornalistas como mestres de cerimônia do “Craque do Brasileirão”. Após conversas e esclarecimentos, as partes chegaram a um entendimento. A global Bárbara Coelho, inclusive, foi confirmada como apresentadora do evento.

O Sportv realizará a transmissão da festa, que será realizada de maneira parcialmente presencial e “dentro dos protocolos recomendados pelas autoridades de saúde”. A confederação agora tenta convencer jogadores premiados e Abel Braga a comparecerem ao “Craque do Brasileirão”.

Fonte: Uol

DEIXE UM COMENTÁRIO