CBF levará troféu do Campeonato Brasileiro ao Morumbi e Beira-Rio

As taças e medalhas estarão no Morumbi, estádio no qual o Flamengo visita o São Paulo, e no Beira-Rio, local da partida entre Inter e Corinthians.

Foto: Divulgação

BLOG DO MARCEL RIZZO: Pela primeira vez a CBF deixará pronta a operação da cerimônia de premiação do Brasileirão em diferentes estádios. O campeão da edição 2020 só será conhecido na última rodada, nesta quinta-feira (25), algo que não ocorria desde 2011.

As taças e medalhas estarão no Morumbi, estádio no qual o Flamengo visita o São Paulo, e no Beira-Rio, local da partida entre Inter e Corinthians. Aos cariocas basta vencer que serão campeões, já os gaúchos precisam ganhar e torcer ao menos pelo empate do Flamengo.

Desde 2003, quando o Brasileiro passou a ser disputado por pontos corridos, ou seja, todos contra todos com o time com mais pontos sagrando-se campeão, somente em seis oportunidades o campeonato foi decidido na última rodada. Em todas o campeão não levantou o troféu oficial após a partida e sim na festa realizada pela CBF, normalmente no dia seguinte à rodada final.

Foi assim com o Santos em 2004, com o Corinthians em 2005 e 2011, com o São Paulo em 2008, o Flamengo em 2009 e o Fluminense em 2010.

Em 2004, o Santos levantou uma taça simbólica em São José do Rio Preto, elaborada pela Federação Paulista, onde venceu o Vasco por 2 a 1 e garantiu o título (a Vila Belmiro estava interditada por causa de objetos lançados no gramado). A do Brasileiro mesmo só foi entregue no dia seguinte.

Em 2009 quatro times chegaram à última rodada podendo ser campeão, algo que nunca se repetiu: Flamengo, Inter, São Paulo e Palmeiras. Os cariocas venceram o Grêmio por 2 a 1 em 6 de dezembro e ficaram com o troféu entregue só no dia seguinte, 7, na festa oficial realizada no Rio. Os jogadores não uniformizados, mas de roupa social, levantaram o cobiçado objeto.

A CBF criou a festa para premiar os melhores da competição, e aproveitou para entregar ali a taça. Nos últimos anos, como o campeão se definiu antes da última rodada, no jogo seguinte ao título a confederação preparava a cerimônia, com o troféu entregue no campo.

Em 2021 a operação será feita nos dois estádios principalmente porque a pandemia impedirá uma festa normal. O evento ocorrerá, mas com número reduzido de pessoas e principalmente para premiar jogadores, não equipes inteiras. A CBF ainda avalia detalhes do evento.

Com isso Flamengo ou Inter, quem for campeão, levantará o troféu no estádio — a CBF enviará réplicas aos locais, que são as que ficam com os clubes para serem exibidos nas salas de conquistas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor insira o seu nome aqui