Em coletiva, Marcos Braz fala sobre negociação com Rafinha, reta final do Brasileirão, mercado da bola, e muito mais

Na tarde desta terça-feira (16), o Flamengo apresentou o seu novo reforço para a temporada de 2021: Bruno Viana. Juntamente com o atleta, o vice-presidente de futebol, Marcos Braz, e o diretor executivo, Bruno Spindel também estiveram presentes na coletiva. 

Na ocasião, Braz também concedeu uma entrevista, após o jogador, onde falou sobre a possível contratação do Rafinha, mercado da bola, gramado do Maracanã, novo diretor de futebol, etc. Confira!

SOBRE A POSSIBILIDADE DE CONTRATAÇÃO DE RAFINHA:

“Eu e Bruno vem conversando com o Rafinha e com o empresário dele, algumas vezes os dois juntos. Já encaminhamos uma proposta do Flamengo, apresentando questões diferentes de quando ele chegou em 2019. Esperamos ser compreendidos por ele”.

SOBRE A POSSÍVEL INFLUÊNCIA DA IMPRENSA:

“Eu acredito que o Flamengo está blindado internamente. As pessoas tem consciência do que tem que fazer nessa reta final, todos somos experientes. Mas não podemos responder pelas pessoas envolvidas no futebol pela imprensa”.

MERCADO DA BOLA:

“Flamengo está sempre atento ao mercado. As pessoas que trabalham aqui estão sempre atentos. Se houver alguma oportunidade de contratação para fortalecer o elenco, será feito”.

SOBRE A DECLARAÇÃO DO PRESIDENTE DO INTERNACIONAL:

“Acho que o que o presidente do Inter falou é porque ele não está acostumado a chegar em finais”.

SOBRE A POSSIBILIDADE DE RODINEI ATUAR NO DUELO ENTRE FLAMENGO X INTERNACIONAL

“Não fomos comunicados se ele estará no jogo ou não. Respeitamos muito o atleta. Essa possibilidade de colocar ou não ele em campo, não temos nada a ver com isso”.

MUNDO ÁRABE DE OLHO EM LÉO PEREIRA E PIRIS DA MOTTA:

“Oficialmente não chegou nada por ninguém.”

FINAL DE BRASILEIRÃO PRÓXIMO DO INÍCIO DO CAMPEONATO CARIOCA:

“O planejamento está sendo definido e, com certeza, os jogadores terão descanso.”

MELHORA DO GRAMADO DO MARACANÃ:

“O nível de futebol que o Flamengo joga, nível de jogadores que temos, quanto melhor o campo, a gente sempre vai estar mais feliz. Estou a vontade para falar porque eu sempre falei que o gramado estava ruim, que tivemos um dos piores gramados. Mas isso tem 8 meses”

Marcos Braz finalizou a coletiva informando que não há conversas sobre a possibilidade de um novo diretor de futebol. 

Fonte: FlaZoeiro