Após falas polêmicas dos presidentes do Internacional e o do Corinthians, Marcos Braz alfineta: “Piada isso”

No último domingo (14), o Flamengo venceu o Corinthians por 2 a 1, no Maracanã. Ainda na vice-liderança, o Mais Querido enfrenta o atual líder, Internacional, no próximo domingo (21). 

Nesta terça-feira (16), o vice-presidente de futebol, Marcos Braz concedeu uma entrevista onde alfinetou o presidente do Internacional, Alessandro Barcelos.

“Acho que o que o presidente do Inter falou é porque ele não está acostumado a chegar em finais”, disse Braz. 

Isso porque, Barcelos falou em uma entrevista: “A gente tem o costume de deixar o protagonismo para os atletas, só que essa partida teve elementos extracampo. Quando se tem um pênalti que não existiu, todos viram, reviram, não acharam em nenhum momento, ele (Cano) chuta o chão. O Cuesta ganha o cartão, está fora do próximo jogo. Não sei se está sendo tendenciosa (a arbitragem). A gente tem procurado falar menos, mas chega uma hora que é impossível. Estamos manifestando a nossa preocupação e inconformidade pelo pênalti marcado e o cartão ao Cuesta.”

Além desta alfinetada, Braz também falou sobre o presidente do Corinthians, Duílio Monteiro Alves, que publicou em suas redes sociais avisando que ia à CBF para analisar o segundo gol do Flamengo do último duelo. 

“O que o presidente do Corinthians fez é colocar a opinião dele. Nesse caso, que ele reclamou do Gabigol, não podemos ir contra a tecnologia. Diferente do que aconteceu em outro estádio, ali estava valendo o sistema, estava funcionando. Enfim, piada isso.”, falou Braz. 

Fonte: FlaZoeiro