Rogério Ceni fala como preparar o psicológico dos jogadores para o duelo contra o inter: “São experientes em situações como essas”

Foto: Alexandre Vidal

Vitória importante! Neste domingo (14), o Flamengo venceu o Corinthians pelo placar de 2 a 1, no Maracanã, em jogo válido pela trigésima sexta rodada do Brasileirão. Os gols do Fla foram marcados por: William Arão e Gabigol. Já o único gol do Corinthians foi marcado por: Léo Natel.

Após a partida, o técnico Rogério Ceni concedeu uma entrevista coletiva e respondeu às perguntas dos jornalistas.

Sobre Gabigol e Arrascaeta que saíram sentindo dores:

“O Arrascaeta já vinha com uma dor desde ontem, fez tratamento até a noite e mais hoje a manhã inteira pra ficar pronto pro jogo. Além do cansaço, as dores vieram. Falei com o Gabriel, mas acho que não teremos problemas pra semana que vem.”

Sobre como prepara o psicológico dos jogadores para o duelo contra o Internacional:

“Primeiro que são experientes em situações como essas. Boa parte deles juntos aqui no Flamengo. Tenho certeza que o foco será mantido, vamos recuperar esses jogadores e quarta-feira começamos um trabalho mais forte”.

Sobre Arrascaeta e Gabigol fica de fora do próximo duelo:

“Com relação a uma lesão séria de não estar presente domingo, a princípio, não acredito que alguém fique fora.”

Como trabalhar a cabeça dos atletas tendo em vista que se Inter vencer se torna campeão:

“Nosso time tem uma característica que é jogar em busca da vitória sempre. Não sei como é jogar para empatar, o Flamengo não sabe. Nos últimos anos, desde sempre, é um time que joga ofensivamente. O fato de você jogar precisando de três pontos é algo que já está acostumado.”

Sobre o fator do Fla ser o atual campeão da competição e o fator positivo para o próximo duelo:

Esses caras passaram há pouco tempo por essa situação. É recente na cabeça, cada um sabe o quão importante é ser campeão, bicampeão. Seria importante fechar a temporada com esse título.

Sobre os jogadores vim sentindo desgastes físicos:

“Esporte de alto rendimento é isso. As dores vem, cirurgia, dores, recuperação. Alto nível de competição. Nós temos jogadores importantes como Arão que jogava como volante e agora como zagueiro.”

Sobre Rodrigo Caio:

O Rodrigo Caio eu conheci no São Paulo como atleta, depois como seu treinador. Posso garantir que ele evoluiu muito. Passa a segurança para todos os outros. É um jogador completo que ajuda muito a gente.

Sobre Inter ou Fla chega pressionado para a próxima partida:

“Os dois chegam com desejo de vitória. O jogo, logicamente, se o torcedor do Flamengo pudesse estar no Maracanã teria uma diferença muito grande.”

Sobre Rodrigo Caio e Arão:

“Eu acho que com o Arão eles se completam. Fica um time mais leve defensivamente. Com o Gustavo fica um time mais forte na bola aérea. Mas o Rodrigo é uma peça fundamental. O Rodrigo é imprescindível no Flamengo.”

Sobre caso Gabigol não jogue e Pedro seja colocado em seu lugar:

“Eu acredito muito que o Gabi pode estar presente contra o Internacional.”

Sobre os aspectos físicos e psicológicos do time:

“Se eles não aparentassem o desgaste físico eu acharia estranho. Com o calor que estava fazendo se eles no final acabassem inteiros não teriam deixado tudo dentro de campo.”

O Mais Querido tem um duelo decisivo contra o líder internacional no próximo domingo (21), às 16h, no Maracanã, em jogo válido pela trigésima sétima rodada do Brasileirão. O time gaúcho lidera com 69 pontos, enquanto o Fla é o segundo e tem 68. O confronto pode decretar o campeão ou não da competição, pois se o Inter vencer já fatura o Brasileiro e caso o Flamengo ganhe ficará apenas precisando de um empate na última rodada para ser campeão.

Fonte: FlaZoeiro