Mauro atenta torcida para quantidade de gols perdidos pelo Flamengo: “Você não vê críticas ao Gabigol”

Segundo ele, diferentemente do que ocorre com o técnico Rogério Ceni, os atacantes são poupados pela torcida após desperdiçarem oportunidades.

Em seu último compromisso oficial, o Flamengo empatou com o Red Bull Bragantino ao desperdiçar oportunidades e ver Isla falhar no lance que culminou no gol do time paulista. Tendo pela frente o Corinthians hoje (14), no Maracanã, o time de Rogério Ceni terá como desafio melhorar a pontaria no momento em que a definição do Campeonato Brasileiro se aproxima.

No podcast Posse de Bola #99, Mauro Cezar Pereira afirma que o time tem conseguido jogar bem, mas os gols perdidos causam dúvidas sobre a equipe. Segundo ele, diferentemente do que ocorre com o técnico Rogério Ceni, os atacantes são poupados pela torcida após desperdiçarem oportunidades.

“O Flamengo tem feito bons jogos, até o jogo contra o Bragantino o Flamengo jogou bem, o problema do Flamengo, que eu acho que coloca sempre uma grande dúvida sobre o que vai acontecer e vale para domingo também, é o desempenho dos atacantes, que desperdiçam muitas oportunidades claras de gol, todo jogo é isso, como se perde gol”, diz Mauro Cezar.

“É um negócio que a torcida critica muito pouco, questiona muito pouco, acho que é até uma espécie de uma proteção que os jogadores construíram pelo que eles realizaram num passado recente, então o Gabigol perde um caminhão de gols e você não vê críticas ao Gabigol como veria se fosse qualquer outro centroavante, qualquer outro atacante. Isso vale para outros atletas também, o Bruno Henrique, para o Pedro, para o Gerson”, completa.

O jornalista afirma que o Flamengo tem com o seu torcedor a obrigação de vencer os últimos jogos após os tropeços na campanha do Brasileirão, desperdiçando chances de assumir a liderança. Se o time terminar a rodada de hoje na primeira colocação, poderá até ser campeão na próxima, quando enfrenta o concorrente Internacional.

“O Flamengo está numa situação de uma quase obrigação com sua torcida de vencer esses últimos jogos depois de várias patacoadas ao longo desse campeonato. O Flamengo já fez de tudo nesse campeonato, de jogar ponto fora, de tropeçar em jogos que não poderia ter tropeçado. Pelo nível do elenco, pelo investimento feito, está devendo bastante. E tem a chance de novo de virar líder no fim de semana, dependendo do Vasco”, diz Mauro Cezar.

“E se o Flamengo virar líder nesse fim de semana, ele pode ser campeão no outro domingo até, vencendo o próprio Internacional. Se ele abrir quatro pontos para o Inter no outro final de semana, se tiver um ponto de frente e vencer, ele abre quatro pontos e ganha o campeonato, mesmo que São Paulo e Atlético-MG vençam seus jogos, então realmente é uma situação muito favorável para o time comandado pelo Ceni, que terá até lá uma semana inteirinha para trabalhar”, conclui.

Fonte: Uol