Mancini garante Corinthians forte contra o Flamengo: “Ainda brigamos pela oitava vaga”

Para o técnico, apesar das dificuldades envolvidos nos duelos, Flamengo e Internacional podem esperar encontrar "resistência".

UOL: O técnico corintiano Vagner Mancini não escondeu sua decepção diante do empate em 3 a 3 entre o Alvinegro e o Athletico-PR, ontem (10), na Neo Química Arena, pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro. Apesar de valorizar o esforço de sua equipe no intuito de ser leve e ofensiva, o treinador lamentou os erros que fizeram com que o Corinthians cedesse o empate três vezes na partida.

“Nosso sentimento é de que poderia ter sido diferente. O Corinthians fez um bom jogo e é óbvio que ficamos chateados pelo empate, porque deixamos de somar dois pontos importantes. Nosso objetivo era vencer para ficar mais perto dessa oitava vaga na Libertadores. Isso nos frustra, porque sabemos quanto nós tivemos que nos dedicar para que a equipe fosse leve, que chegasse bem à frente, que criasse oportunidades, mas vacilamos em alguns momentos do jogo e o castigo acabou sendo duro. Nós fizemos o 1 a 0, estivemos em vantagem outras duas vezes e não soubemos segurar ou até mesmo ampliar o placar”, afirmou.

Quanto ao desempenho de Gustavo Mosquito, que marcou três gols em uma de suas melhores atuações desde que chegou ao Corinthians, Mancini reagiu de forma “agridoce”. O técnico afirmou que o atacante já é uma das principais peças ofensivas do Alvinegro, mas também ressaltou que seu pupilo desperdiçou duas oportunidades que poderiam ter dado a vitória ao Timão.

“O Gustavo vive um momento muito interessante. Ele tem nos ajudado muito na parte ofensiva, mas também tem algumas coisas a serem ajustadas. Por exemplo: no jogo de hoje, ele fez dois gols e perdeu outros dois que poderiam ter sido o fiel da balança na partida. Naquele momento, a gente estava em vantagem no placar. Seria importante abrir dois gols de diferença. Mas ele é um atleta que vem se dedicando muito, que tem entendido o que a gente pede para ele desempenhar, então essa humildade tem feito com que ele evolua de uma maneira muito rápida. Hoje ele é uma peça muito importante dentro do nosso sistema ofensivo”, disse o treinador.

Mancini também admitiu que o Corinthians deverá ser decisivo na disputa do título brasileiro. Isso porque o Alvinegro terá pela frente Internacional e Flamengo nas últimas rodadas. Para o técnico, apesar das dificuldades envolvidos nos duelos contra os dois primeiros colocados, os adversários podem esperar encontrar “resistência”.

“Pela sequência de jogos, o Corinthians pode sim influenciar no título, porque irá jogar contra Inter e Flamengo. Como nós ainda brigamos pela oitava vaga, eles podem esperar um adversário que irá oferecer resistência. É importante somar pontos diante dessas equipes”, destacou.

O Corinthians se encontra na 8ª colocação do Brasileirão, com 49 pontos em 34 jogos disputados. Os últimos duelos do Alvinegro nessa edição da Série A serão contra Flamengo, Santos, Vasco e Internacional, sendo que o compromisso contra o Rubro-Negro acontece já no domingo (14), às 16h (de Brasília), no Maracanã.