Flamengo economizará R$ 1,2 milhão com empréstimo de César

O clube irá economizar cerca de R$ 1,2 milhão já que o salário do goleiro será pago divido em 50 % com o Atlético-GO.

César, goleiro do Flamengo – Foto: Alexandre Vidal

ESPORTE NEWS MUNDO: Por Heitor Olimpio

Com o acordo fechado entre Atlético-GO e Flamengo pelo empréstimo do César ao Dragão. A diretoria rubro-negra irá economizar cerca de R$ 1,2 milhão já que o salário do arqueiro será pago divido em 50 % para cada lado, conforme apuração do Esporte News Mundo.

O acordo foi finalizado nesta última segunda-feira e o jogador irá terminar o Campeonato Brasileiro no Flamengo e sua transferência para o Atlético Goianiense só irá ser feita em março para a disputa da temporada 2021.

A negociação entre os clubes tarambecos envolve ida de dois jovens do Atlético-GO para a base do Rubro-Negro carioca: o volante Da Silva e o meia Gil, ambos do time sub-15.

As opção pelo goleiro César de 29 anos e 1,94 de altura é para a substituir o Jean. Já que como informou o próprio presidente do Atlético-GO, Adson Batista o clube não conseguirá renovar o empréstimo do goleiro, que pertence ao São Paulo.

César foi formado nas categorias de base do Flamengo e despontou como grande promessa ao participar da conquista da Copa São Paulo de Futebol Júnior de 2011. Subindo no mesmo ano para os profissionais nunca conseguiu se firmar como goleiro principal da equipe..

E a promessa de ser um “novo Júlio César” como muitos da diretoria do Flamengo imaginaram nunca se concretizou.

Com apenas 11 jogos na temporada, parte da diretoria vê com bons olhos a ida do arqueiro para outro time. A análise que se tem internamente é que será bom para o César tentar resgatar as boas atuações que teve nas categorias de base do Flamengo.

No ano mágico de 2019, César foi reserva imediato do Diego Alves, mas na segunda metade de 2020 perdeu espaço para o Hugo Souza e hoje é a terceira opção.