Ceni completa 3 meses de Flamengo com 56% de aproveitamento

Sob o comando do treinador, o Flamengo marcou 33 gols e teve a defesa vazada em 22 oportunidades.

COLUNA DO FLA: Por Nathalia Coelho

O Flamengo ficou no empate em 1 a 1 com o Red Bull Bragantino, no último domingo (07), em jogo válido pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com a competição entrando na reta final e com o Rubro-Negro vivendo altos e baixos, Rogério Ceni continua sendo questionado por parte da torcida e da imprensa esportiva. Nesta quarta-feira (10), o técnico completa três meses à frente do Fla e não chega nem a 60% de aproveitamento.

Rogério Ceni chegou ao Flamengo em 10 de novembro de 2020 para substituir Domènec Torrent. Desde que assumiu o comando da equipe rubro-negra, o treinador totaliza 19 jogos. Dentre estes, foram nove vitórias, cinco empates e cinco derrotas, contando com as eliminações precoces na Copa do Brasil e na Libertadores da América. Desse modo, à frente do Mais Querido, Ceni totaliza exatos 56,1% de aproveitamento.

Sob o comando do ex-goleiro, o Flamengo marcou 33 gols e teve a defesa vazada em 22 oportunidades. Cabe destacar que, desde que Ceni ocupou o posto de treinador do Mengo, a equipe sofreu gols em 68% das partidas e balançou as redes adversárias em 84% dos confrontos em que entrou em campo. Outra marca do técnico foi a utilização de 30 jogadores desde sua chegada.

CONFIRA OS NÚMEROS:
19 jogos
9 vitórias
5 derrotas
5 empates
33 gols marcados
22 gols sofridos

Tentando manter vivo o sonho do octacampeonato do Fla no Campeonato Brasileiro 2020, Rogério Ceni terá uma semana cheia para preparar o elenco para o próximo compromisso. Na tarde desta terça-feira (09), o grupo se reapresenta para iniciar as atividades visando o duelo de domingo (14), contra o Corinthians. A partida, válida pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro, acontecerá no Maracanã, às 16h (horário de Brasília).