Em meio à negociação, Rafinha lamenta empate do Flamengo: “Quando saí da França estava 1 a 0”

Após o lateral atender os jornalistas no aeroporto, ele foi falar com os repórteres para saber foi o resultado contra o Bragantino.

Reprodução

COLUNA DO FLA: Que Rafinha tem uma sinergia com a Nação Rubro-Negra, isso é inegável. Campeão Brasileiro e da Libertadores em 2019, o lateral criou um vínculo muito forte com o Flamengo durante sua passagem. Após deixar o clube em agosto do ano passado, o jogador está retornando ao Brasil e revelou em seu desembarque que está acompanhando o desempenho da equipe na luta pelo oitavo título nacional.

Após o jogador atender aos veículos de comunicação no aeroporto, ele foi falar com os jornalistas e a primeira coisa que quis saber foi o resultado final de Flamengo e Bragantino. Quando estava deixando a Europa, o resultado estava 1 a 0 para o Rubro-Negro, gol de Gabigol em cobrança de pênalti. Quem fez a revelação da resenha foi o jornalista do Coluna do Fla, Giuliano Consenza.

— Eu fiz a cobertura do Bruno Viana e do Rafinha. Inclusive, estavam no mesmo voo. Conversei com pessoas ligadas ao Atlético e eles não estão negociando com o Rafinha. O que eu senti no aeroporto, é que é uma questão de tempo para ele fechar o negócio e ele disse que está com otimismo para que a negociação seja fechada. Um fato curioso é que quando encerramos as gravações, estavam todos os jornalistas juntos e o Rafinha perguntou quanto foi o jogo. Quando dissemos o resultado, ele disse que quando saiu da França, estava 1 a 0 para o Fla. Ele mostra que está preocupado com os resultados.

O Atlético-MG, equipe que vem gastando bastante em reforços, não está negociando com o lateral. Com isso, o Mais Querido tem o caminho livre para um acerto. A direção já apresentou as condições salariais para o jogador e agora aguarda uma resposta. Há otimismo para um desfecho positivo por parte dos dirigentes. Rafinha disse que não tem nada decidido, mas que espera um final feliz.

– Todo mundo sabe do carinho que eu tenho pelo Flamengo, mas não vou me precipitar. Cheguei agora, vou sentar com eles essa semana, matar saudade da minha família e com calma, vamos sentar e conversar. A saudade é muito grande (de jogar no Maracanã). Tomara que isso acabe rápido para o Flamengo voltar o mais rápido ao Maracanã. Não tem nada decidido ainda, mas espero que tenha um final feliz.