Carrasco do Palmeiras, Gignac chegou a pedir informações sobre o Flamengo

Após uma mobilização rubro-negra nas redes sociais pedindo sua contratação, Gignac pediu informações sobre o clube a Rafael Carioca e Alan Santos.

HASHTAG RUBRO-NEGRO: Por Renato Senna

No último domingo (7), o francês Andre-Pierre Gignac fez história ao marcar, de pênalti, o único gol da vitória do Tigres sobre o Palmeiras na semifinal do Mundial de Clubes e levar uma equipe mexicana pela primeira vez à decisão da competição. Mas a história poderia ter sido diferente.

Em 2017, a torcida do Flamengo chamou a atenção do atacante. Após uma mobilização rubro-negra nas redes sociais pedindo sua contratação, Gignac pediu informações sobre o clube da Gávea a seus companheiros brasileiros: o zagueiro Juninho e os volantes Rafael Carioca e Alan Santos.

“Ele viu as manifestações, perguntou como era a estrutura, o time a torcida. Aí expliquei a ele. Não sei se teve negociação ou não, mas ele se mostrou bem curioso sobre o Flamengo”, contou Rafael Carioca em março de 2018.

A história do Flamengo com Gignac começa antes mesmo disso. Quando deixou o Olympique de Marselha, em 2015, o atacante chegou a abrir conversas com o rubro-negro. Com proposta também do Boca Juniors, o francês acabou optando pelo Tigres, com um contrato de cerca de US$ 4 milhões por ano (algo em torno de R$ 12,5 milhões por ano na época).

“O Boca Juniors me contatou. Nunca na vida eu imaginei que o clube de Maradona e Riquelme pudesse me chamar. O Boca, a Bombonera! Também tive um contato do Flamengo, um dos times com mais torcida no mundo, Maracanã… Estamos falando de clubes lendários. Mas eu não pensei muito”, contou o jogador ao jornal francês L’Équipe.

Sem Gignac, o Flamengo foi então atrás do peruano Paolo Guerrero, que atuava no Corinthians, para comandar o ataque rubro-negro. Alguns anos depois, após o camisa 9 rubro-negro ser suspenso por doping, a torcida fez a campanha na internet em prol da contratação do francês, mas os dirigentes rubro-negros ignoraram e não voltaram a fazer contato com o jogador do Tigres.

Em cinco anos e meio na equipe mexicana, Gignac marcou 147 gols em 247 jogos e conquistou o Campeonato Mexicano quatro vezes, a Liga dos Campeões da Concacaf, além de ter sido vice-campeão da Libertadores e vice da Euro-2016, com a seleção francesa.