Luxa justifica derrota, e classifica momento do Flamengo: ”Outro patamar”

Flamengo venceu mais uma vez o Vasco pelo Brasileiro

Foto: Divulgação

A noite desta quinta-feira marcou a vitória do Flamengo frente ao Vasco, no Maracanã. O Rubro-Negro triunfou por 2 a 0, e se colocou de vez na briga pelo título do Brasileirão. Após o apito final, o técnico do Vasco, Vanderlei Luxemburgo, tentou justificar o resultado negativo e exaltou o Mais Querido.

“Jogo do Flamengo você descarta, claro que você quer ganhar pela rivalidade, por tudo que envolve um clássico Flamengo e Vasco, mas o Flamengo está brigando por outro patamar. Temos o jogo com o Fortaleza em casa, próprio Inter em casa”.

O jogo

Escalações:

Flamengo: Hugo Souza; Maurício Isla; Willian Arão, Gustavo Henrique e Filipe Luís; Gerson, Diego Ribas, Arrascaeta e Everton Ribeiro; Bruno Henrique e Gabigol

Vasco: Fernando Miguel; Léo Matos, Marcelo Alves, Ricardo Graça e Henrique; Bruno Gomes, Leonardo Gil e Benítez; Pec, Yago Pikachu e Cano

O jogo começou tenso, como um clássico, e o Flamengo chegou com perigo pela primeira vez aos seis minutos: Diego tocou no Arrascaeta na esquerda, que chutou fraco, em cima de Fernando Miguel. Gabigol aos 11 perdeu outra grande chance. O camisa 9 ficou de frente com o goleiro, e de canhota chutou em cima de Fernando Miguel. No minuto 26, Bruno Henrique cruzou por baixo, e novamente Gabigol não aproveitou. Dois minutos depois, Gerson ganhou no meio campo e obrigou Fernando Miguel a fazer uma grande defesa.

O Flamengo controlava a partida, e aos 41 tinha 8 finalizações contra nenhuma do rival. Aos 45 minutos, Léo Matos derrubou Bruno Henrique dentro da área: pênalti para o Fla. Gabigol bateu e guardou: 1 a 0 Flamengo.

Na segunda etapa, Ceni voltou com a mesma equipe, e o Vasco que mexeu três começou a incomodar o Mais Querido. O Rubro-Negro claramente cansou fisicamente, e a aposta da equipe de Ceni começou a ser os contra-ataques. E a primeira finalização do Fla foi aos 19: a bola subiu, e Arrascaeta finalizou sem direção. Um minuto depois, Rogério chamou o volante João Gomes para substituir Diego.

O Flamengo voltou a preocupar o adversário com as transições rápidas, e aos 28, Gabigol e Arrascaeta saíram para as entradas de Pedro e Vitinho. E deu certo: cruzamento de Everton Ribeiro na área, e Bruno Henrique subiu entre os zagueiros para aumentar o placar: 2 a 0 Flamengo.

O rubro-negro depois do 2 a 0 começou a tomar conta do jogo, e Ceni sacou Bruno Henrique para a entrada de Michael. Por lesão, Gerson também deixou o campo para o ingresso de Pepê. Faltando dois minutos, Michael finalizou de longe, sem direção. Final de jogo: Flamengo 2×0 Vasco.

Fonte: Mundo Rubro negro