Gabigol é absolvido e não vai desfalcar o Flamengo em reta final do Brasileirão

Flamengo não perderá Gabigol na reta final do Campeonato Brasileiro. Nesta sexta-feira (5), o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) absolveu o atacante pela expulsão contra o Bahia, no dia 20 de dezembro.

Na ocasião, Gabigol acabou expulso pelo árbitro Flavio Rodrigues de Souza aos nove minutos do primeiro tempo. Na súmula, o responsável pelo apito disse que foi xingado pelo atleta com a seguinte frase: ‘vai tomar no c***’.

Revoltado com o cartão vermelho, o camisa 9 do Flamengo levou quase cinco minutos para deixar o gramado. Na saída, disse que não havia dito tais palavras e esbravejou na saída: ‘agora eu xingo, vai tomar no c***’.

Ele foi denunciado duas vezes no artigo 258 II do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD) por desrespeitar a arbitragem. Gabigol poderia pegar até 12 jogos se fosse condenado em pena máxima.

O foco rubro-negro está na defesa de Bruno Henrique. O STJD retornou o processo em que o camisa 27 atingiu o rosto do volante Breno do Goiás, em jogo da 11ª rodada do Brasileirão. O atleta esmeraldino fraturou o nariz, mas a arbitragem entendeu que Bruno não teve intenção.

Em campo, depois da vitória por 2 a 0 sobre o Vasco, na última quinta-feira, o Flamengo terá pela frente o Red Bull Bragantino, no domingo, às 20h30. A equipe de Mauricio Barbieri está na nona colocação e briga por vaga na Conmebol Libertadores.

Fonte: Espn