Jornalista afirma que Jorge Jesus está infeliz no Benfica: “Volta dele ao Flamengo não é impossível”

Flamengo viveu o sonhado ‘ano mágico’ em 2019, quando foi campeão do Brasileiro e da Libertadores da América. Um dos maiores responsáveis pelo feito do clube carioca foi Jorge Jesus. Atualmente à frente do Benfica, o treinador não vive um bom momento dentro das quatro linhas e, fora delas, chegou a ser diagnosticado com Covid-19. Segundo o jornalista Renato Maurício Prado, o português pode pintar no Mais Querido.

Em participação na live ‘Fim de Papo’ do Uol Esporte, o comentarista falou a respeito da relação de Jorge Jesus com o Flamengo e com o próprio Benfica. De acordo com Renato Maurício Padro, o técnico está infeliz no comando do time português e, por isso, pensa na possibilidade de rescindir o contrato com o clube de forma amigável. Por isso, o nome de Mister não foi descartado do Fla. Ainda de acordo com o jornalista, outro forte candidato ao cargo de comandante rubro-negro é o conterrâneo de ‘JJ’, Carlos Carvalhal.

— Pouco antes do jogo contra o Grêmio, um dirigente do Flamengo, que eu não vou citar o nome, porque ele me pediu o ‘off’, me disse assim: ‘Eu estava falando com Portugal’. Aí eu perguntei com quem: ‘Com Jorge Jesus?’. Aí ele falou: ‘Não posso te dizer’. Mas sabe quais os dois nomes que ele poderia estar falando? Um seria o Jorge Jesus, sim. Ele está muito infeliz no Benfica e já fala numa possível rescisão amigável, porque ele é muito amigo do presidente, mas as coisas não estão acontecendo e agora ele ainda pegou Covid. Então, a volta do Jorge Jesus não é tão impossível quanto muita gente pensa -, disse, antes de continuar:

— O segundo é aquele outro português que o Flamengo, aliás, queria e ele recusou porque preferiu ficar no Braga, que é o Carlos Carvalhal. E ele recusou muito mais pela questão da pandemia, que aqui estava um inferno. Ele não quis e a família dele não quis vir para o Brasil. Depois disso, ele andou dando entrevista dizendo que o Flamengo é um grande clube, que seria uma honra trabalhar no Flamengo. Ele está acabando o Campeonato Português e não me espantaria se voltasse a ser sondado pelo Flamengo -, finalizou.

Cabe lembrar que à frente do Flamengo, Jorge Jesus conquistou a Libertadores, Campeonato Brasileiro, Supercopa do Brasil, Recopa Sul-Americana e o Campeonato Carioca. Ao todo, Mister realizou 57 jogos: 43 vitórias, 10 empates e quatro derrotas. O técnico é visto como um dos maiores ídolos do Rubro-Negro na história e marcou seu nome no clube após ter saído com mais títulos do que derrotas.

Fonte: Coluna do fla