AL Hilal tem até o dia 7 de fevereiro para fazer proposta pelo atacante Bruno Henrique

FOTO: THIAGO RIBEIRO/AGIF

Considerado como uma das estrelas do Flamengo, o atacante Bruno Henrique vem despertando interesse do futebol árabe. De acordo com informações do portal Al-Bilad, da Árabia Saudita, o Al-Hilal busca fazer uma investida no camisa 27. O clube árabe em 2019 contratou o volante Cuellar que era um dos destaques do elenco do Fla.

O Al-Hilal está disposto a fazer uma proposta de 10 milhões de euros (cerca de R$ 64 milhões na cotação atual) pelo atacante Bruno Henrique. O time árabe está na busca fazer um grande investimento em um excelente atacante após ter a saída do atacante, o Omar Khirbin.

O clube árabe tem um prazo para fazer a investida até o dia 7 de fevereiro que é quando fecha a janela de transferência da Árabia Saudita.

O aplicativo Flazoeiro no dia 15 de janeiro havia entrado em contato com o staff do Bruno Henrique para saber sobre o interesse do Al-Hilal e se houve alguma proposta. O staff de BH negou qualquer negociação ou proposta naquele momento com o clube árabe.

“Não estou sabendo de nada. É especulação apenas, não chegou nada.”

O staff do camisa 27 ainda destacou os interesses dos clubes ásiaticos pelo Bruno Henrique.

“O Bruno como todo jogador do Flamengo e destaque no Brasil, a grande maioria desses clubes da Ásia tem interesse. Agora chegar alguma coisa concreta é diferente. Todo mundo quer o Bruno. Primeiro, a proposta tem que chegar ao Flamengo. No momento só especulações, assim como foi com Gerson, Gabigol, Pedro e Arão.”

Em um novo contato feito no sábado com um dos representantes do jogador foi dito que foram feitas sondagens porém ainda não chegou proposta.

“Não chegou proposta. Foram feitas sondagens apenas do futebol ásiatico. Toda janela eles sondam o Bruno Henrique, isso é normal.”

Uma saída do Bruno Hnerique neste momento do Flamengo é considerado difícil por seus representantes e até mesmo pela diretoria rubro-negra que não quer perder um dos seus principais jogadores.

Flazoeiro: Rian Moreira