Presidente do Benfica resolve ‘confrontar’ Braz e oficializa proposta por defensor do Fla; oferta na mesa rubro-negra é de R$ 30 milhões

Bem avaliado pelo técnico Rogério Ceni, o jogador pode deixar o Fla. O Benfica, que tem Jorge Jesus como treinador, teria oferecido 30 milhões de reais para ter o destaque da equipe carioca

Foto: Alexandre Vidal / CRF

Um dos elencos mais competitivos do futebol brasileiro, o Flamengo ‘sofre’ com a alta visibilidade no mercado. A temporada para a equipe carioca não está sendo das melhores, mas o clube se mantém ativo na briga pelo título do Brasileiro e o futuro de destaques do técnico Rogério Ceni entram em cena.

Com uma boa capacidade financeira, o clube tem força para segurar qualquer atleta titular, mas uma oferta dentro dos planos não teria como fazer nada pela permanência. Desde o ano passado, um que vem sendo comentado em uma possível saída é Willian Arão, homem de confiança no meio-campo do time carioca.

Segundo Guilherme Pinheiro, do canal Fla Zoeiro, o Mais Querido do Brasil recebeu uma oferta oficial do Benfica, de Portugal, que tem Jorge Jesus como o comandante. A proposta pelo volante seria de 5 milhões de euros, atualmente 30 milhões de reais. No entanto, o Rubro-Negro colocou a importância do atleta na mesa e acabou recusando.

Reprodução: Alexandre Vidal/Flamengo

Recentemente, Marco Braz, vice-presidente de futebol, já havia declarado que não felicitaria a saída de nenhum atleta titular para a equipe portuguesa. Caso o Benfica tenha interessa em levar algum flamenguista, terá que abrir o bolso financeiramente e pagar a multa rescisória. 

Assim como é com Ceni, Arão era importante para o esquema de Jorge Jesus e por isso o grande interesse pelo jogador que, além do meio-campo, também pode ser presença na zaga. Anteriormente, o também volante Gerson e o atacante Bruno Henrique já haviam sido tentados pelo Mister.

Bolavip:
Marcos Eduardo

DEIXE UM COMENTÁRIO