Grêmio decide não escalar time sub-20 contra o Flamengo por medo de ficar fora da Libertadores

Isto não por generosidade, nem por cavalheirismo com o Internacional, mas por precisar de pontos para garantir vaga na próxima Libertadores.

Foto: Alexandre Vidal

O Grêmio não escalará time de transição na partida contra o Flamengo, na quinta-feira (28). O depoimento de Renato Gaúcho, dizendo que se o presidente Romildo Bolzan autorizasse, escalaria um time de garotos, já tem resposta: o presidente não autoriza. O Grêmio terá desfalques, como Geromel, machucado. Pode não escalar Matheus Henrique, que jogou com dores contra o Internacional. Renato pode optar por uma equipe mesclada, como fez em grande parte da campanha, mas terá um compromisso: jogar bem e tentar somar pontos.

Isto não por generosidade, nem por cavalheirismo com o Internacional, mas por precisar de pontos para garantir vaga na próxima Libertadores. Em sexto lugar e a um ponto de vantagem do Fluminense, o Grêmio pode se complicar se perder para o Flamengo.

Dos seis primeiros colocados, o time de Renato Gaúcho é o único a não vencer nenhum dos outros cinco: perdeu uma e empatou outra com o Atlético e com o Internacional; empatou duas com o Palmeiras; empatou com São Paulo e Flamengo, com quem ainda tem confronto direto.

Há uma semana, o Grêmio acreditava que as vitórias nos confrontos diretos poderiam oferecer o título. Ocorre que não venceu nenhum deles.

A declaração de Renato sobre escalar time de transição abriu espaço para a lembrança de 2009, quando o Grêmio foi ao Maracanã, na última rodada, com time mesclado, oficialmente por ter suspensões e lesões. A derrota para o Flamengo impediu o título brasileiro do Internacional. Este colunista jamais dirá que o Grêmio entregou. Mas a história faz muita gente até hoje ter esta suspeita.

Perder de propósito para atrapalhar o rival seria indecente.

Só no Brasil.

Em 2002, Internazionale, Juventus e Roma tinha chance de título italiano, nesta ordem de classificação. A Lazio, rival da Roma, enfrentaria a Internazionale no estádio Olímpico. Se perdesse, tiraria qualquer possibilidade de troféu de seu maior adversário. Mas a Lazio ganhou da Internazionale por 4 x 2. A Juventus terminou com o escudeto.

Fonte: BLOG DO PVC

DEIXE UM COMENTÁRIO