Flamengo atualiza situações de Rodrigo Caio e Diego Alves

O Flamengo forneceu detalhes em relação as situações de Rodrigo Caio e Diego Alves. O zagueiro saiu sentindo dores no último jogo e o goleiro não atua desde 2020

Foto: Alexandre Vidal / Flamengo

O Flamengo por meio de suas redes sociais, atualizou a torcida sobre a situação de Rodrigo Caio, que deixou a partida diante do Palmeiras ainda no primeiro tempo, sentido a coxa. O clube informou que foi constatada uma lesão no adutor da coxa direita do zagueiro.

O Rubro-Negro também notificou sobre a situação de Diego Alves e informou que o goleiro segue fora para a partida contra o Athletico Paranaense no domingo.

O último jogo de Diego Alves pelo Mais Querido foi no dia 20 de dezembro de 2020, na ocasião, o Flamengo venceu o Bahia por 4 a 3. O departamento médico do clube está preocupado com a parte física do atleta e só considera o retorno do mesmo quando ele estiver 100%.

A maior preocupação fica por conta da ausência de Rodrigo Caio que é peça fundamental no setor defensivo do Rubro-Negro. As opções para a recomposição são Natan, Gustavo Henrique, Thuler, Léo Pereira e Willian Arão. O camisa 5 atuou como zagueiro desde o ínicio na última partida. Arão demonstrou segurança e deu qualidade a saída de bola rubro-negra.

Relembre o jogo

Flamengo: Hugo Souza; Maurício Isla, Rodrigo Caio, Willian Arão e Filipe Luís; Gerson, Diego, Arrascaeta e Everton Ribeiro; Bruno Henrique e Gabigol

Palmeiras: Weverton; Marcos Rocha, Luan, Kuscevic e Viña; Danilo, Zé Rafael, Gabriel Menino e Raphael Veiga; Willian e Luiz Adriano

A partida começou com as duas equipes se estudando, e o Palmeiras acabou desperdiçando uma grande chance com William logo aos três minutos. A resposta do Flamengo foi aos cinco: Isla cruza prensado, e Arrascaeta de bicicleta obriga Weverton a fazer uma grande defesa.

Aos 13, Filipe Luís cruzou, Gerson ganhou da marcação e chutou firme para a defesa do goleiro palmeirense: no rebote, Gabigol finalizou para fora, sem direção. O Flamengo envolvia o Palmeiras no meio de campo e até os 25 minutos, atingiu mais de 60% de posse de bola. No minuto 32, Rodrigo Caio sentiu e Rogério Ceni chamou Gustavo Henrique para substituí-lo.Advertisementabout:blank

A partir daí, o Palmeiras começou a equilibrar as ações e tomou conta da reta final da primeira etapa. Porém, o gol do Fla saiu aos 48: no desespero, Kuscevic deu um chutão em cima de Luan, e a bola contra foi para o gol palmeirense: 1 a 0 Flamengo.

No segundo tempo, Rogério Ceni não veio com novas mexidas, e o Flamengo apresentou muito cansaço logo nos minutos iniciais. Tanto que aos 9, Gabriel Menino teve chance de empatar de frente para o gol, e finalizou para fora. Aos 13, Gabigol entrou cara a cara com Weverton e desperdiçou a chance de ampliar.

No minuto 17, Ceni sacou Arrascaeta para colocar o jovem volante João Gomes. A melhor chance rubro-negra foi aos 26: Filipe Luís cruzou, e Gustavo Henrique de cabeça cabeceou próximo à meta de Weverton.

Com o Flamengo abaixo fisicamente, Rogério Ceni mudou e colocou Pepê, Vitinho e Pedro, nos lugares de Diego, Gabigol e Gerson. E deu certo: no cruzamento na área, Pedro rola pra trás, e Pepê ampliou: 2 a 0.

Fonte: Mundo Rubro negro

DEIXE UM COMENTÁRIO