Justiça condena Flamengo a pagar R$ 1 milhão por dívida com atacante Marcelo Cirino

Atualmente no Chongqing Lifan, da China, atleta havia movido processo no fim de 2019

O Flamengo foi condenado pela Justiça a pagar R$ 1 milhão para o atacante Marcelo Cirino, que defendeu o clube entre 2015 e 2017. A sentença parcial foi feira, na tarde desta quinta-feira, pela juíza Natália dos Santos Medeiros, da 42ª Vara do Trabalho do Rio de Janeiro do Tribunal Regional do Trabalho da Primeira Região (TRT-1). A informação foi divulgada pelo site “Esporte News Mundo”.

O atleta havia movido um processo no fim de 2019 cobrando um valor total de R$ 5.121.947,75. Entre as alegações de Cirino estavam o pagamento de direito de arena, premiações, férias e FGTS. A juíza determinou pelo pagamento de parte deste valor. Cabe recurso para ambas as partes. 

+ Besiktas, da Turquia, faz proposta por Léo Pereira, do Flamengo
+ Jorge Jesus é eliminado de novo em Portugal

Contratado como reforço de peso, Cirino nunca conseguiu corresponder às expectativas no Flamengo. Destacou-se no Carioca de 2015, mas caiu de produção e não deixou saudades na torcida rubro-negra. No total, marcou 24 gols em 104 jogos pelo clube carioca.

Fonte: Lance!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor insira o seu nome aqui