Técnico gringo é considerado acima da média nos bastidores do Fla, mas Ceni tem respaldo de Braz e elenco

Internamente, o Rubro-Negro vive momentos de incertezas e Rogério sabe que seu trabalho passa a depender do jogo desta noite (18), contra o Goiás

A torcida do Flamengo já perdeu a paciência com o atual elenco. Vencer o Goiás hoje é determinante para o futuro de muita gente dentro do clube carioca, principalmente da comissão técnica de Rogério Ceni. O treinador nunca foi unanimidade perante a Nação e os resultados negativos só fizeram a pressão aumentar cada vez mais.

Surpreendentemente, Rodolfo Landim viajou junto com a delegação e está hospedado no hotel em Goiânia. O mandatário não é de aparecer nesses momentos, mas como a crise vem batendo na porta e o time irá fazer uma sequência de jogos fora do Rio de Janeiro, o dirigente achou melhor acompanhar o CRF mais de perto.

Enquanto Ceni balança e tem futuro indefinido, um estrangeiro é bem avaliado pelo Mais Querido do Brasil: Rui Vitória,  português ex-Benfica e atualmente sem clube. O jornalista Gustavo Henrique informou em seu canal no Youtube que o departamento de futebol flamenguista considera o técnico com capacidade para “chegar chegando” e assumir o comando do Flamengo.

Por outro lado, Rogério tem respaldo de Marcos Braz e a confiança do elenco. Praticamente todos os jogadores entendem que a má fase não é por causa do treinador e dividem a culpa entre eles. Os seus treinamentos são elogiados, sua conduta no vestiário também agrada, mas falta o principal: a equipe jogar bola e convencer.

O Flamengo vem de três resultados ridículos, com apenas um ponto em nove disputado e precisa voltar a vencer no Brasileirão. Para a próxima temporada, não está descartada uma reformulação em torno do futebol do clube, mas isso depende de como o time irá terminar no torneio nacional.

Fonte: Bolavip

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor insira o seu nome aqui