Presidente do River Plate torce pela permanência de Gallardo: “Não há nenhum plano B”

Existe a possibilidade dos nomes deixarem o clube argentino após a queda na Libertadores 2020

A eliminação do River Plate na Copa Libertadores pode ter significado o fim do ciclo da “Era Marcelo Gallardo”, desejo da torcida do Flamengo, e alguns de seus comandados. Desde a última quarta-feira (13), após a saída dos Millonarios do torneio, a imprensa argentina tem especulado a saída de nada mais, nada menos que sete nomes do clube argentino.

De acordo com o jornal “Olé”, o goleiro Armani, o lateral Montiel, os meio-campistas Enzo Pérez, Nacho Fernández e De la Cruz e o atacante Borré declararam desejo de mudar de ares. Além deles, o técnico Gallardo ainda não decidiu pela permanência para cumprir seu último ano de contrato.

Ele (Gallardo) está de férias, quando voltar, vamos conversar. Mas sempre ele decide de forma pessoal, faz análise e nos dirá se continua ou não. Não há nenhum plano B“, disse Rodolfo D’Onofrio, presidente do River, em inauguração de um centro de testes para coronavírus no estádio do Millonario.

Atualmente, o elenco do River Plate curte dias de folga após a conclusão da temporada 2020 e se reapresentam na próxima quarta-feira (21) para iniciar o projeto 2021. A tendência é que mudanças comecem a acontecer no plantel antes da virada de mês.

Situação dos jogadores do River Plate

Dos seis jogadores, o River deve faturar com a venda de Montiel. O lateral de 24, segundo o “Olé”, tem ofertas de Lyon, da França, e Roma, da Itália, e pode ser negociado na casa dos U$ 10 milhões (R$ 53 milhões).

Já o goleiro Armani, de 34 anos, tem desejo de retorno ao futebol colombiano. Enzo Péres recebeu sondagem de Jorge Jesus para voltar ao Benfica, onde atuou entre 2011 e 2014. Nacho Fernández, de 31 anos, que renovou até 2023, e Borré, de 25 anos, aguardam propostas para avaliar o futuro.

Da lista, os nomes que interessam o torcedor do Flamengo é o meia De La Cruz, irmão de Carlos Sanchez, do Santos, e o técnico Marcello Gallardo. O jogador de 23 anos está a seis meses do fim de contrato e já pode assinar um pré-contrato para mudar de clube em julho de 2021.

Gallardo, por sua vez, será o responsável por decidir sobre seu futuro. Apontado como um dos maiores técnicos da história Millonaria, o ex-jogador multicampeão pelo próprio River Plate tem passe livre caso deseja sair do clube.

Olhem, minha ideia, falo rápido porque o assunto aqui é outro, é que ele fique este ano no meu mandato, e o problema fique para os que venham a seguir“, declarou o presidente do River.

Desejo Rubro-negro por Gallardo

Desde a noite da última terça-feira (12), a torcida do Flamengo tem inundado as redes sociais com pedidos pela contratação de Marcelo Gallardo. O treinador revolucionou o River Plate após uma queda para a Série B e levou o clube a duas conquistas de Mundial de Clubes, além de taças de destaque no futebol argentino.

Após viver um 2019 mágico sob o comando de Jorge Jesus, o Rubro-Negro não conseguiu acertar nas contratações de treinadores para a vaga do Mister – demitiu Domènec Torrent com três meses de trabalho e não está satisfeito com Rogério Ceni – e deve ter mudanças para a temporada de 2021 – que se inicia em março.

Fonte: Hashtag Rubro negro

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor insira o seu nome aqui