Gabigol fala sobre não gostar de ficar no banco de reservas: “Que jogador fica feliz?”

Foto: Alexandre Vidal / Flamengo

Gabigol nunca fugiu das perguntas. E nem das respostas espontâneas. Em coletiva concedida para a imprensa na manhã desta sexta-feira (15), no Ninho do Urubu, o atacante foi questionado sobre a insatisafação de começar no banco de reservas, e aproveitou para esclarecer algumas coisas que saíram na imprensa sobre o assunto.

Sou espontâneo. Eu estava no banco, óbvio que não quero ficar no banco. Mas quem quer? Tu acha que o Pedro quando estava no banco, estava feliz? O Michael estava feliz? Que jogador fica feliz no banco? Mas também respeito meus companheiros, respeito quem entrou.

Vi que falaram muitas besteiras, que eu não estava com a camisa, mas contra o Fortaleza eu estava com a mesma camisa. Entrei e fiz gol, e aí falaram que eu nem treinei, mas nem teve treino dos reservas. E eu fiquei sem chuteira porque tava vindo de uma lesão no tornozelo“, disse.

DEIXE UM COMENTÁRIO