Sem vencer há dois jogos, Flamengo entra em campo pressionado contra o Ceará

O Flamengo tenta não descolar da liderança, e por isso entra em campo pressionado neste domingo para enfrentar o Ceará, 16h, no Maracanã. Embora a distância para o líder São Paulo se mantenha em sete pontos, o time comandado por Rogério Ceni precisa se preocupar também em se manter no G-6, que garante vaga na Libertadores. .

A ordem agora é vencer. Já é consenso que o mais importante é retomar o caminho das vitórias, a qualquer custo, para em seguida voltar a jogar bonito. Em campo, o Flamengo segue sem o goleiro Diego Alves, que se recupera de uma lesão na coxa. Mas de resto terá força máxima entre os titulares. Uma das principais armas da equipe, o atacante Bruno Henrique lembrou que o Ceará deve se apresentar com postura defensiva como a usada pelo Fluminense. E que o Flamengo precisa saber furar o bloqueio.

Se queremos ser campeões, temos que vencer. Não tem outro resultado que não seja esse. O Ceará vai vir do mesmo jeito que o Fluminense. Temos que mudar a postura e fazer os gols. Precisamos estar bem compactos, assim como era em 2019. Todos correndo para trás, e todos correndo para frente“, pediu o camisa 27.

Substituído por Ceni no clássico, Gabigol também está novamente à disposição. Mesmo com atuação bastante criticada contra o Fluminense, a tendência é que a base do time seja repetida pelo treinador. Dessa vez, o técnico também poderá contar com as presenças de Vitinho e Léo Pereira, que voltam ao time surgem como alternativa.

Retirado de: Flazoeiro

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor insira o seu nome aqui