Cogitado no Fla em 2020, medalhão do Santos que recebe R$ 500 mil de salário fica disponível no mercado

Os dirigentes rubro-negros já começam a olhar o mercado em busca de oportunidades de negócio para a próxima temporada; Braz já diz que o clube não irá realizar grandes investimentos

O Flamengo tem um jogo muito decisivo neste domingo (10), onde enfrenta o Ceará, no Estádio do Maracanã. Como perdeu para o Fluminense na última rodada do Brasileirão, o Rubro-Negro precisa se recuperar no campeonato se quiser ainda sonhar com o título. A pressão em cima do trabalho de Rogério Ceni começa a ficar mais forte.

Fora de campo, a diretoria flamenguista já começa a analisar como será a montagem do elenco para a próxima temporada, que começa em março. Um medalhão do Santos cogitado no Rubro-Negro no ano passado, está disponível no mercado e já pode assinar um pré-acordo com qualquer outra equipe do futebol mundial.

Tratá-se de Carlos Sánchez, meio-campista uruguaio. O jogador se recupera de uma grave lesão e deve voltar neste primeiro semestre do ano. Em 2020, seu nome chegou a ser cogitado no Mais Querido do Brasil, mas que não chegou a realizar nenhuma proposta. O jornalista Jorge Nicola atualizou o cenário atual do atleta.

(…) Nesse exato momento, ninguém da nova diretoria do Santos tem uma posição definida a respeito da renovação ou não do Santos, meia de 36 anos de idade, que alguns meses atrás já esteve na mira do Grêmio, Flamengo e do Atlético-MG. (…) Ele perdeu um pouco de espaço, especialmente após a contusão (…). Ninguém tem a mínima ideia de como ele vai voltar”, revelou o comentarista.

O experiente jogador tem vínculo com o Alvinegro Praiano até junho de 2021. Ainda de acordo com Nicola, seu salário no clube paulista gira em torno de R$ 500 mil e isso pode dificultar uma eventual renovação do meia com o Peixe. Além do Fla, ele também foi especulado no Grêmio e Atlético-MG.

Retirado de: Bolavip

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor insira o seu nome aqui