Conversa de Landim é exposta e Everton Ribeiro é reprovado por acomodação: “Está abaixo do aceitável”; presidente externa insatisfação

O rendimento de alguns jogadores e a preparação física do time são os problemas que mais preocupam os dirigentes rubro-negros , que enxergam um grupo acomodado

A derrota do Flamengo no clássico contra o Fluminense trouxe um clima de tensão nos bastidores rubro-negros. Marcos Braz acabou se tornando um dos principais alvos de críticas nas redes sociais. Rogério Ceni também não passou batido. O treinador, inclusive, foi “oferecido” ao Fortaleza por alguns torcedores, que brincaram com o fato do clube nordestino estar na busca por um novo comandante no mercado de transferências. 

A queda de desempenho de alguns atletas também foi pauta de polêmica. Everton Ribeiro caiu de rendimento desde a última convocação para a Seleção Brasileira. O camisa 7 era um dos protagonistas do Fla na temporada, mas deixou de criar grandes chances desde que Ceni assumiu o comando do time. A teimosia do treinador foi bastante comentada pela FlaTT, que exige mais participação do Centro de Inteligência nas escolhas de técnicos. 

ESPN Brasil expôs algumas conversas de Landim com outros dirigentes. O presidente teria dito uma série de reclamações, ressaltando que todo o esforço para manter o elenco e pagar altos salários têm sido em vão, pois o verdadeiro problema do time na temporada é a acomodação. Dois jogadores em especial foram duramente criticados: Everton Ribeiro e Willian Arão. A reportagem do portal conversou com um dos membros da diretoria rubro-negra.

Foto: Getty Images

O mesmo teria dito que alguns atletas já não “correm como corriam”, e a forma física do grupo “está abaixo do aceitável”. Desperdiçar oportunidades para ser líder ou encostar no primeiro colocado tem sido uma constante na vida do Rubro-Negro, que viu o São Paulo ser goleado pelo Red Bull Bragantino por 4 a 1. O clássico contra o Fluminense não valia o primeiro lugar da tabela, mas uma vitória recolocaria o Flamengo em condições de vencer o título. 

Agora, o Flamengo, estacionado com 49 pontos, já mira a partida contra o Ceará, também no Maracanã, no próximo domingo (10). A esperança rubro-negra está no jogo atrasado que a equipe ainda tem a cumprir, além de um confronto direto contra o São Paulo na última rodada do Campeonato Brasileiro. Até onde se sabe, a demissão de Ceni não foi cogitada em nenhum momento, já que a diretoria vê o elenco como principal culpado pela má fase.

Fonte: Bolavip

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor insira o seu nome aqui