Com gol nos instantes finais, Fluminense vence o Flamengo de virada no Maracanã

Rubro-Negro saiu na frente, mas atuou mal na segunda etapa e viu o rival vencer por 2 a 1

FOTO: ALEXANDRE VIDAL/FLAMENGO

Flamengo e Fluminense fizeram um clássico animado no Maracanã, com fortes emoções. O Rubro-Negro foi melhor no primeiro tempo e foi para o vestiário vencendo por 1 a 0, com gol de Arrascaeta. Mas o time de Rogério Ceni voltou irreconhecível para a segunda etapa e viu o Tricolor virar o placar e vencer por 2 a 1. Luccas Claro e Yago marcaram para a equipe das Laranjeiras.

O primeiro tempo começou a todo vapor, e o Flamengo quase abriu o placar. Filipe Luís tabelou com Gerson, foi até a linha de fundo e cruzou rasteiro. Everton Ribeiro desmontou a defesa tricolor com um corta-luz, e Gabigol, sozinho, praticamente na marca do pênalti, chutou por cima. O primeiro lance do jogo foi uma espécie de presságio para o que aconteceria na primeira etapa, com o Rubro-Negro tendo as melhores oportunidades. Aos três minutos, arcos Felipe salvou a pele do Fluminense. No escanteio cobrado pela esquerda, Rodrigo Caio acertou uma testada com violência, e o goleiro tricolor se esticou para espalmar.


Durante a primeira etapa, o Flamengo foi o dono do jogo, chegando a ter 76% de posse de bola. O Fluminense, acuado, tentava reagir e até esboçava uma marcação alta, mas o Rubro-Negro conseguia quebrar a estratégia do adversário. Aos 18 minutos, o time da Gávea assustou mais uma vez o Tricolor. Filipe Luís acertou bom passe na entrada da área para Arrascaeta, que dominou e emendou a finalização de perna esquerda. Marcos Felipe defendeu firme, sem rebote.

O Flamengo continuava sendo o protagonista do clássico e, novamente, ficou no quase, após linda troca de passes no setor ofensivo. Arão fez um cruzamento primoroso para Isla, que rolou para Gabigol. O atacante cruzou, e Bruno Henrique por pouco não botou para dentro. Mas, aos 39 minutos, não teve jeito. Everton Ribeiro escapou bem pela direita e cruzou à meia altura. Matheus Ferraz tentou cortar no meio do caminho, mas a bola sobrou na medida para Arrascaeta cabecear para o fundo do gol vazio.

No segundo tempo, o roteiro foi diferente. O Fluminense voltou muito mais ligado e mais organizado. O Flamengo, por outro lado, mostrou desgaste muscular e viu o Tricolor mandar na partida. E, logo aos nove minutos, conseguiu igualar o marcador. Danilo Barcelos cobrou a falta para dentro da área, Luccas Claro apareceu bem por ali e cabeceou com força para o fundo das redes. O bandeira anulou o lance num primeiro momento, mas o VAR assoprou no ouvido do árbitro e validou o gol.

Em seguida, o Flamengo quase ficou na frente novamente, mas o travessão não deixou. Arrascaeta cobrou uma falta mais pela esquerda do campo direto para o gol. O goleiro Marcos Felipe, foi surpreendido, e a bola bateu no poste. Aos 24, Os dois técnicos promoveram mudanças: no lado tricolor, saiu Fred e entrou Felippe Cardoso. No Rubro-Negro, Natan e Gabigol saíram para as entradas de Diego e Pedro, respectivamente. A partir deste momento, o jogo ficou aberto, com as duas equipes buscando o segundo gol.

Quando muitos achavam que o clássico terminaria 1 a 1, eis que a zaga do Flamengo falha e entrega a vitória de bandeja para o Fluminense. Filipe Luís errou passe na entrada da área e Yago, esperto, chuta para dar os três pontos ao Tricolor.

O Rubro-Negro volta a campo no domingo para pegar o Ceará, no Maracanã, às 16h, pela 29ª rodada do Brasileirão. Já o Tricolor terá uma semana para se preparar para enfrentar o Corinthians na próxima quarta-feira, dia 13, na Neo Química Arena, às 21h30. 

Fonte: O Dia!

DEIXE UM COMENTÁRIO