Rafinha pode voltar ao Brasil para defender outro clube e Nação vê “traição” do lateral

Jogador deixou possibilidade de voltar ao clube carioca em aberto na saída, mas pode acabar vestindo outra camisa

Flamengo viu, aos poucos, o time que venceu Copa Libertadores e Campeonato Brasileiro ir se desmanchando. Pablo Marí, Rafinha e Jorge Jesus são alguns dos personagens que já não fazem mais parte do atual grupo rubro-negro. Porém, o lateral-direito que foi jogar na Grécia pode voltar ao Brasil.

É que o novo presidente do Coritiba, Renato Follador, tem planos para repatriar o jogador que já atuou pela equipe paranaense. A intenção é também convencer o zagueiro Miranda, que disputou a última Copa do Mundo com a seleção do Brasil, na Rússia, em 2018, como titular de Tite.

“Acho inteligente esses jogadores consagrados e competitivos terem um projeto de segunda carreira. Esses atletas jogam dois, três anos e ficam no clube. O convencimento vem deles mesmos pela paixão pelo clube. E o fator financeiro não é determinante”, disse o mandatário que assumiu o clube no início de 2021.

Na despedida do Flamengo, durante a temporada de 2020, Rafinha afirmou que poderia voltar ao clube carioca em um futuro próximo. “Com certeza (penso em voltar um dia), o futebol é muito dinâmico. Eu vou, mas meu coração fica. Se for da vontade de Deus eu quero voltar ao Flamengo para poder jogar ainda”.

O atleta foi o titular da lateral direita nas conquistas de 2019. Após sua saída, a diretoria rubro-negra buscou o chileno Maurício Isla para assumir a posição.

Fonte: Bolavip

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor insira o seu nome aqui