Ceni não se empolga com meia e Marcos Braz aguarda propostas para negociá-lo

Os dirigentes do Mais Querido do Brasil não querem cometer os mesmos erros da atual temporada e já antecipam o novo planejamento do clube

Flamengo tem mais alguns dias de treinamento visando o confronto contra o Fluminense, nesta quarta-feira (06), no Maracanã, pelo Campeonato Brasileiro. Rogério Ceni teve uma preparação muito boa para corrigir os erros do time, melhorar a parte ofensiva e encaixar de vez a zaga com o titular absoluto Rodrigo Caio e o jovem Natan.

Nos bastidores, a diretoria flamenguista já começa a olhar como será a montagem do elenco após o término do Brasileirão: quem fica, os que podem sair e os jogadores que serão aproveitados após um período de empréstimo. O certo é que Yuri César, hoje no Fortaleza, já é considerado um reforço na vaga de Pedro Rocha, que retornou ao Spartak Moscou.

Por outro lado, Ronaldo não empolga a comissão técnica de Ceni. O meio-campista é reserva no Bahia, não conseguiu se destacar como imaginava e a ideia, pelo menos neste momento, é negociá-lo novamente a partir de março. Ele retornará após o Brasileiro, mas o planejamento do treinador do Fla é dar chances ais mais jovens, como João Gomes e até Daniel Cabral, destaque da base.

O atleta de 24 anos tem vínculo com Flamengo até junho de 2021. A tendência, em caso de propostas, é que Marcos Braz, vice-presidente de futebol, aceite liberá-lo de forma antecipada. A única chance de o jogador permanecer é se não existir nenhum tipo de oferta nos próximos meses, mas uma renovação não está nos planos do Mengão.

Ronaldo sempre foi querido por boa parte da torcida do Rubro-Negro, mas nunca teve uma grande sequência com nenhum técnico. Foi emprestado ao Atlético-GO e também não rendeu. No Tricolor de Aço, até fez bons jogos, mas caiu muito de produção e já não é tido como muito importante no grupo.

Fonte: Bolavip

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor insira o seu nome aqui