‘Era aplaudido por 70 mil todo jogo’, Jorge Jesus lembra torcida do Flamengo

Após perder a Supertaça para o Porto por 2 a 0, Jorge Jesus não vive bom momento em Portugal. Em entrevista coletiva, o português reconheceu que ele passou por mudanças, mas afirmou que o futebol sofreu alterações também. Para ele, a falta dos torcedores nos estádios fazem total diferença, uma vez que eles ajudam a equipe a ganhar. Ao falar sobre os portugueses, o treinador relembrou sua passagem pelo Flamengo e falou sobre a Nação Rubro-Negra.

– Agora, tenho a mesma paixão no sentido do jogo, mas claro que modifiquei. O futebol mudou, não há aquela força torcedores. Eles têm grande influência, principalmente os do Benfica, porque ajudam a equipe a ganhar e obrigam, entre aspas, a ser intensos. Esperamos que voltem o mais rapidamente possível porque nos fazem muita falta. Tenho 30 anos de treinador, estive em um país em que fui aplaudido de pé em todos os jogos e eram 70 mil torcedores. Os resultados influenciam se é ou não aplaudido.

Jorge Jesus é considerado por muitos, um dos melhores treinadores que o Flamengo já teve na história. O técnico assumiu o Mais Querido em 2019 e foi o comandante daquele elenco avassalador. O português conseguiu quebrar recordes, conquistar títulos e passou a ser um personagem muito apreciado pela torcida. Ele retornou para o Benfica no meio de 2020 e consigo, aumentou a prateleira de títulos, como Libertadores, Brasileiro, Supercopa, Recopa, entre outros.

Concentrado no Campeonato Brasileiro, única competição que lhe restou na temporada, o Flamengo encara o Fluminense no dia 6 de janeiro, às 21h30 (horário de Brasília), no Maracanã, em jogo válido pela 28ª rodada.

Via: Coluna do fla

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor insira o seu nome aqui