Pode isso, Arnaldo? Site europeu lista Pablo Marí como uma das piores contratações de 2020

O zagueiro Espanhol Pablo Marí chegou no Flamengo como um desconhecido e saiu como ídolo da torcida. Um dos jogadores importantes nas conquistas do Brasileirão e libertadores em 2019, o defensor deixou saudade entre os rubro-negros, no entanto, sua volta a Europa, não está sendo tão boa quanto se imaginava, pelo menos é o que diz o portal “goal.com”.

Conhecido por suas listas, digamos, pouco convencionais, o site fez um ranking, das piores contratações do futebol mundial em 2020. A lista consta com 20 nomes, e dentre eles está o do ex-zagueiro rubro-negro. Além de Marí, a lista conta conta com mais dois jogadores  conhecidos dos torcedores brasileiros, como o volante Matheus Fernandes ex-botafogo, e o atacante Deyverson, ex-palmeiras.

Vale lembrar que Marí saiu do Flamengo, para o Arsenal da Inglaterra, no entanto, ainda não conseguiu se firmar no time Londrino.

Confira quais foram as piores contratações segundo o site “Goal”.

1 – Arturo Vidal

Apesar de ser presença constante entre os titulares da Internazionale, o chileno está longe de exibir o futebol vistoso dos tempos de Barcelona e Bayern de Munique. Nesta temporada, o volante disputou 16 partidas pelo clube italiano.

2 – Hakim Ziech

O marroquinho ainda não justificou os 40 milhões de euros (R$ 259,2 milhões, pela cotação atual) que o Chelsea pagou ao Ajax no começo da temporada. Em 2020, o atacante disputou 12 jogos pelo clube londrino. Além disso, ele marcou somente dois gols.

3 – Donny van de Beek

Aos 23 anos, o meia holandês foi uma das principais contratações do Manchester United. Mas até o momento ainda não convenceu. Nesse ínterim, ele disputou 16 partidas, fez um gol e deu apenas uma assistência.

4 – Achraf Hakimi

O hispano-marroquino foi uma das grandes apostas de Antonio Conte para reforçar a Internazionale em 2020. Porém, o lateral-direito vem acumulando más atuações e críticas da imprensa italiana. Ele está longe de exibir o futebol dos tempos de Borussia Dortmund.

5 – José María Callejón

Com passagens por Rela Madrid e Españyol, o atacante estava disponível no mercado quando foi contratado pela Fiorentina. Porém, ainda está devendo uma grande atuação com a camisa viola após sete temporadas no Napoli.

6 – Matheus Fernandes

Revelado pelo Botafogo, o meia custou 7 milhões de euros (R$ 45,3 milhões) aos cofres do Barcelona em 2019. Mas só jogou uma vez pelo clube catalão nesta temporada. No começo do ano, ele foi emprestado ao Valladolid onde também não brilhou.

7 – Rodrigo Moreno

O Leeds investiu 30 milhões de euros (R$ 194,4 milhões) para tirá-lo do Valencia. No entanto, o atacante ainda não brilhou pelo clube inglês. Nesse ínterim, disputou 11 jogos e marcou dois gols. O hispano-brasileiro ainda não repetiu as boas atuações dos tempos de Benfica.

8 – Mohammed Salisu

Destaque do Valladolid na temporada passada, o zagueiro chegou ao Southampton com status de craque. Porém, o ganês ainda nem estreou pelo clube inglês. Atualmente é a quinta opção do técnico Ralph Hasenhüttl para o miolo de zaga.

9 – Takefusa Kubo

Com passagem pelo futsal do Barcelona, o atacante é considerado uma das maiores promessas do futebol japonês na atualidade. Aos 19 anos, foi contratado com status de prodígio. Porém, ele ainda não caiu nas graças do técnico Unai Emery.

10 – Marc Roca

Com passagens pela base do Barcelona e Españyol, o volante chegou ao futebol alemão após o Bayern de Munique evitar sua ida para o rival Borussia Dortmund. Com apenas cinco partidas, ele é um dos jogadores menos utilizados pelo técnico Hans-Dietter Flick em 2020.

11 – Diego Llorente

O zagueiro da seleção espanhola custou 20 milhões de euros (R$ 129,6 milhões) aos cofres do Leeds. Porém, o ex-jogador do Real Madrid não vem sendo escalado pelo técnico Marcelo Bielsa. Nesse ínterim, o becão disputou apenas um jogo pela equipe londrina.

12 – Pablo Marí

Foi um dos destaques do Flamengo de Jorge Jesus em 2019. O Arsenal pagou 8 milhões de euros (R$ 51,8 milhões) para adquirir seus direitos econômicos. Após um período entregue ao departamento médico, o espanhol disputou três partidas pelo clube inglês nesta temporada.

13 – Jorge Molina

Após passagens pelo Getafe e Betis, o veterano atacante foi contratado com status de artilheiro pelo Granada. Porém, o jogador de 38 anos desaprendeu o caminho do gol. Ele estufou as redes inimigas somente quatro vezes nesta temporada.

14 – Victor Mollejo

Cria da base do Atlético de Madrid, o atacante surgiu com grande promessa do futebol espanhol. Este ano foi emprestado ao Getafe para adquirir experiência. Porém, o jogador não vem sendo utilizado pelo técnico José Bordalás. Ao todo, disputou quatro partidas em 2020.

15 – Pablo Maffeo

No começo da temporada, o atacante era apontado como uma possível revelação do futebol espanhol em 2020. Mas o jogador ainda não decolou pelo Huesca. Ele, aliás, também teve passagens decepcionantes por Manchester City, Sttutgart, Girona e Españyol.

16 – Fabián Orellana

Revelado pelo Audax Italiano, o chileno está há 12 temporadas atuando no futebol espanhol. Foi contratado nesta temporada pelo Valladolid após se destacar pelo Eibar no ano passado. Porém, o atacante marcou somente dois gols atuando no clube presidido por Ronaldo Nazário.

 17 – Deyverson

Vinculado ao Palmeiras, o atacante foi emprestado ao Alavés até junho de 2021. Porém, o jogador não para de ter seu rendimento questionado pela imprensa espanhola. Ele, nesse ínterim, disputou 11 jogos, fez um gol e deu duas assistências.

18 –  Sandro Ramírez

Formado na base do Barcelona, o atacante de 25 anos estava livre no mercado quando foi contratado pelo Huesca. Com passagens apagadas por Valladolid, Real Sociedad, Sevilla e Málaga, ele ainda não decolou e fez apenas dois gols nesta temporada.

19 – Darío Poveda

Fora dos planos do Atlético Madrid, o atacante foi emprestado ao Getafe para adquirir experiência. Porém, o jogador de 23 anos ainda não estreou pelo Getafe. Afinal, o espanhol ainda não correspondeu as expectativas do técnico José Bordalás nesta temporada.

20 – Unes Ünal

O Getafe desembolsou 7 milhões de euros (R$ 45 milhões) para tirá-lo do Valladolid. É, portanto, a contratação mais cara da história do clube. No entanto, o turco ainda não fez valer o dinheiro investido na sua contratação. Ele passou em branco nas 12 vezes que atuou pelos ‘Azulones’.

Por Urubu Interativo

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor insira o seu nome aqui