Os 5 principais presentes recebidos pela torcida do Flamengo em 2020

Em clima de Natal, LANCE! destaca cinco 'mimos' que colaboraram para a satisfação da Nação Rubro-Negra neste ano atípico (e de altos e baixos)

O Flamengo está a um dia de realizar o seu último jogo de 2020 e, por isso, o clima de retrospectiva já toma conta dos ares do Ninho do Urubu. A temporada tem sido atípica, como o ano em si, e contornada de altos e baixos. E, na carona do Natal, comemorado hoje, o LANCE! separou os cinco principais presentes recebidos pela torcida rubro-negra neste ano. Confira abaixo:

O ‘FICO’ DE GABIGOL

Conforme já trazido na retrospectiva do ano, a primeira grande notícia do ano para a Nação foi o “fico” de Gabigol. A negociação foi árdua e arrastada com a Internazionale de Milão, mas o Flamengo comprou o atacante, que assinou contrato até 2024, por cerca de 17 milhões de euros por 90% dos direitos. 

E Gabigol não deixou a peteca cair em relação ao seu faro de artilheiro. Nesta temporada, a segunda pelo clube, são 20 gols em 31 jogos (possui a melhor média do elenco), além de dez assistências (também lidera o quesito). 

TÍTULO INÉDITO NO MARACA

Diego Alves foi campeão da Recopa Sul-Americana pelo Flamengo – Foto: Divulgação

Por efeito da pandemia da Covid-19, fevereiro, quando as torcidas no Brasil ainda podiam ir aos jogos, parece estar mais distante do que realmente está. E foi no segundo mês de ano que chegou um dos maiores presentes à Nação.

Ainda sob o comando de Jorge Jesus e com Rafinha no elenco, o Flamengo conquistou o título inédito da Recopa Sul-Americana, o primeiro internacional do clube no Maracanã, após derrotar o Independiente Del Valle por 3 a 0, no jogo da volta – na ida, houve empate por 2 a 2, em Quito. Na ocasião, 64.504 flamenguistas estiveram no estádio – um recorde de 2020.

SUPREMACIA CONTRA RIVAIS DO RIO

Fla levou o Carioca pela 2ª vez seguida (Foto: Alexandre Vidal / CRF)

O Fla tem se notabilizado pela supremacia contra rivais cariocas. Não é de hoje, mas, neste ano, o ótimo retrospecto se manteve e fez com que o torcedor rubro-negro tirasse sarro de seus principais adversários ao longo de 2020. Foram três jogos contra o Botafogo, com duas vitórias e um empate, seis diante do Fluminense, com uma derrota (a única em clássico, com o time alternativo e comandado por Maurício Souza), quatro triunfos e um empate (que permitiu o título da Taça Rio ao Tricolor, inclusive), e dois contra o Vasco, ambos vencidos. 

Percebe-se que o Fluminense foi a principal pedra no sapato, mas não o suficiente para impedir que o Flamengo conquistasse o título do Estadual deste ano. No geral, o Rubro-Negro acumula 16 jogos de invencibilidade contra o Vasco, seis diante do Botafogo e quatro em duelos com o Fluminense.

ASCENSÃO DE GAROTOS DO NINHO

Noga e Natan chegaram a ser titulares em jogo pela Libertadores (Foto: Marcelo Cortes / Flamengo

Outro presente para a Nação em 2020 foi a ascensão de Garotos do Ninho que nem sequer eram cogitados para o elenco na temporada passada. No último jogo, a vitória heroica sobre o Bahia, por exemplo, Natan e João Gomes foram titulares e peças importantes. 

A maior utilização ocorreu na era Domènec Torrent, sobretudo quando o elenco passou por um surto de Covid-19. Ao todo, foram 17 pratas da casa utilizadas, sendo que jovens, além dos citados acima, conquistaram a confiança do torcedor em poucos jogos, como Hugo Souza (apesar da falha na Copa do Brasil, esbanjou talento), Gabriel Noga, Matheuzinho e Ramon. 

MAIS UM ‘FICO’ IMPORTANTE

O 2020 que começou com a notícia do “fico” de Gabigol termina com a permanência de Pedro, também contratado em definitivo pelo clube – até 2025. O goleador, convocado recentemente para a Seleção Brasileira, é a aposta deste ano que mais rendeu (ao menos até aqui). São 21 gols em 41 partidas, além de três assistências.

E Pedro terá a oportunidade de elevar os ótimos números já neste sábado, quando o Flamengo visitará o Fortaleza, no Castelão, pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro, cujo duelo será o último do clube no ano. 

Em tempo: Pedro será titular do time de Rogério Ceni, uma vez que Gabigol está suspenso. A bola rolará a partir das 19h neste dia 26.

Retirado de: Lance!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor insira o seu nome aqui