Flamengo encerra ano com diferentes revelações das categorias de base

O Flamengo viveu o tão sonhado ‘ano mágico’ em 2019, quando conquistou o Campeonato Brasileiro e a Libertadores da América. Já em 2020, com um ano atípico devido à pandemia da Covid-19, o Rubro-Negro precisou vencer diversas adversidades, inclusive, os muitos desfalques ao longo da temporada. Diferente da ‘era Jorge Jesus’, que o Fla tinha um time titular bem definido e que pouco mudava, seus sucessores Domènec Torrent e, agora, Rogério Ceni, precisaram utilizar mais as categorias de base do clube.

Se em 2019 a equipe do Mengo era praticamente ‘fixa’, em 2020 os treinadores tiveram que dar rodagem ao elenco e o clube acabou revelando jogadores como o goleiro Hugo Souza, o lateral direito Matheuzinho, o zagueiro Natan, o lateral esquerdo Ramon e o volante João Gomes. Apesar de terem se tornado uma ‘grata surpresa’ no time profissional, os Garotos do Ninho ainda estão em um processo de evolução com Ceni que, até então, tem preferência por utilizar atletas mais experientes.

O ‘lema’ “craque, o Flamengo faz em casa” fez bastante sentido neste ano. Hugo ‘Neneca’, por exemplo, foi um dos que teve mais destaque. De quarta opção entre os goleiros, ele chegou à titularidade e, com Dome, chegou a “incomodar” Diego Alves, que ficou no banco de reservas após se recuperar de lesão.

Natan, titular contra Santos e Bahia, também ganhou espaço no Fla e caiu nas graças da torcida que, insatisfeita com Gustavo Henrique e Léo Pereira, abraçou o jovem. Apesar disso, o Garoto do Ninho ainda não é considerado titular absoluto ao lado de Rodrigo Caio. Isso porque, Ceni valoriza seus zagueiros mais ‘experientes’ e mantém a defesa variando conforme as necessidades.

Com a possibilidade de Ceni manter Natan na zaga titular, o Flamengo se prepara para seu próximo compromisso, neste sábado (26), contra o Fortaleza. O embate entre as equipes está marcado para às 19h (horário de Brasília), na Arena Castelão, no Ceará.

Na briga pela liderança do Brasileiro, caso vença o Fortaleza, o Mengo seguirá na cola do São Paulo, até então líder do torneio. Enquanto os comandados de Rogério Ceni ocupam a vice-liderança, com 48 pontos, o Tricolor Paulista está em primeiro, com 53. Próximo adversário do Fla, a equipe cearense está na parte debaixo da tabela, na 14ª colocação, com 30.

Fonte: Coluna do Fla

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor insira o seu nome aqui