Vice diz que Flamengo defenderá Bruno Henrique em caso de queixa por xenofobia

Atacante foi acusado por Ramírez, do Bahia, de ter lhe chamado de 'gringo de m...'

O vice-presidente geral e jurídico do Flamengo, Rodrigo Dunshee de Abranches, afirmou que o clube irá defender Bruno Henrique caso o atacante seja denunciado por xenofobia. O meia Ramírez, que foi acusado de racismo por Gerson, diz ter sido chamado de “gringo de m…” pelo camisa 27.

“O Flamengo não tem uma posição sobre a suposta xenofobia do Bruno Henrique. Está muito no campo da especulação. Acho que é mais um desejo do Bahia de ver uma situação que não tem a ver com xenofobia como xenofobia. ‘Gringo’, ‘gringo louco’, já conheci várias pessoas com esse apelido e ninguém se ofendeu. É dizer que a pessoa é estrangeira”, afirmou o dirigente ao SporTV.

“A gente não entende essa questão como uma disputa com o Bahia. A gente reconhece o trabalho deles contra o racismo, reconhecemos que o presidente do Bahia tomou decisões acertadas até agora. Mas se eles quiserem descambar para esse lado de ofensa do Bruno Henrique a alguém, o Flamengo vai defender seu atleta, mas a preocupação é muito pequena”, completou.

Na última terça-feira, o Flamengo anunciou que irá ao STJD contra Ramírez também por uma ofensa a Bruno Henrique. O clube conta com o laudo de um especialista em leitura labial.

Fonte: O Dia!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor insira o seu nome aqui