Arrascaeta define quando deseja jogar no Peñarol

Arrascaeta pretende voltar ao seu país de origem próximo do fim da carreira

Titular e ídolo da torcida do Flamengo pelas conquistas do Carioca de 2019 e 2020, Brasileiro e Libertadores do ano passado e da Supercopa do Brasil e Recopa Sul-Americana desta temporada, o meia uruguaio Giorgian De Arrascaeta, revelou em entrevista ao programa Locos por el fútbol, do Uruguai, quando deseja retornar ao futebol de seu país e atuar por seu clube de infância: Peñarol.

De acordo com o meia, o ideal seria acontecer antes dos seus 37 anos, onde ainda poderia entregar aspectos técnicos e físicos a sua equipe de coração.

“Sou fanático desde pequeno. Estava sempre com a bola e a camisa do Peñarol. Nós jogadores também temos sonhos e eu gostaria de poder jogar em algum momento no Peñarol. A gente sempre pensa no econômico, na família e seguir progredindo, mas a gente também tem que ser consciente e não pode pensar em querer jogar no Penãrol com 37 anos, quando já está no último da carreira. Tem que ser um momento em que não seja um estorvo e sim uma solução para o clube”.

O atual camisa 14 rubro-negro também sobre a possibilidade de atuar no futebol europeu, mas se mostrou feliz no Flamengo: “A gente sempre pensa em ter a oportunidade de estar em um time na Europa, capaz que se me perguntassem antes, ia para qualquer lugar, mas hoje em dia eu disfruto muito de estar um time enorme como o Flamengo e numa cidade maravilhosa como o Rio de Janeiro, onde estou perto da minha família. Espero que tudo aconteça naturalmente, chegaram algumas propostas e o melhor por agora é seguir no Flamengo“.

Com ”Arrasca”, o Flamengo faz sua última partida no ano contra o Fortaleza, no dia 26 de dezembro, às 19h – horário de Brasília, no Castelão. O Mais Querido segue na caça ao líder São Paulo.

Retirado de: Mundo Rubro negro

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor insira o seu nome aqui