Ex-técnico do Flamengo, Domènec publica mensagem de apoio a Gerson: “Um homem de um caráter ímpar”

No último domingo (20), o Flamengo venceu o Bahia por 4 a 3, no Maracanã, pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro. Apesar de uma grande partida entre as equipes, o confronto ficou marcado por um ato de injúria racial. Ao fim da partida, Gerson denunciou o colombiano Indio Ramirez por racismo e, nesta terça-feira (22), o volante recebeu uma mensagem de apoio do ex-técnico do Mais Querido, Doménec Torrent.

Dome usou suas redes sociais para demonstrar sua indignação e tristeza pelo o ocorrido com o camisa 8. O catalão fez questão de ressaltar o caráter de Gerson e afirmou que o racismo é uma praga mundial que precisa ser combatida: “Recebi com muita tristeza a notícia dos atos racistas contra o meia Gerson, que foi meu jogador no Flamengo e um homem de um caráter ímpar. O racismo é uma praga mundial que devemos combater todos os dias. Minha solidariedade ao Gerson e seus familiares”, dizia a publicação.

CONFIRA:

Durante a última segunda-feira (21), Gerson levou o caso adiante e fez uma denúncia formal contra Ramirez. Na manhã desta terça (22), o volante foi até a delegacia à Crimes Raciais e Delitos de Intolerância do Rio de Janeiro, acompanhado do vice-presidente geral e jurídico do Mengo, Rodrigo Dunshee. Juntos, eles se posicionaram através das redes oficiais do clube.

Gerson disse que sua luta não era apenas por ele: “Estou aqui na delegacia, vim falar sobre o ocorrido. Quero deixar bem claro que não vim aqui somente para falar por mim, vim falar pela minha filha que é negra, meus sobrinhos que são negros, meu pai e minha mãe, amigos também, e por todos os negros que têm no mundo. Sobre o fato que aconteceu, hoje, graças a Deus, eu tenho um status de jogador de futebol, onde eu tenho voz ativa para poder falar e dar força a muitas pessoas que sofrem racismo ou outro tipo de preconceito, para que possam falar também”, comentou o jogador.

Retirado de: Coluna do Fla

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor insira o seu nome aqui