Rogério Ceni questiona escolha da arbitragem e aponta: “Muito estranha a expulsão do Gabigol”

No último domingo (20), o Flamengo venceu o Bahia por 4 a 3, no Maracanã, pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com um jogo disputado entre as equipes, o Rubro-Negro garantiu a vitória heroica atuando com menos um jogador desde os dez minutos iniciais. Gabigol foi expulso no começo do primeiro tempo, após o árbitro Flávio Rodrigues indicar um xingamento do atacante rubro-negro. A situação causou polêmica e Rogério Ceni questionou a escolha da arbitragem.

Em súmula, o árbitro utilizou a seguinte justificativa para a decisão de expulsar Gabigol: “Expulso por dirigir-se a mim de maneira ofensiva e ostensiva após a disputa de uma jogada, dizendo as seguintes palavras “vai tomar no seu c*”. Após a expulsão o jogador retardou a sua saída do campo de jogo, contestando a decisão da arbitragem”, escreveu em documento. Durante a entrevista coletiva após a partida, Rogério Ceni apontou o cartão vermelho como ‘muito estranho’.

– Honestamente, não vi nada. Vi o Gabriel no chão e o árbitro puxando o cartão. No intervalo, precisei falar com o time sobre o que devíamos fazer. Vou conversar com ele na terça-feira, mas ele me disse: “Eu não xinguei o árbitro”. Acho muito estranha a expulsão do Gabriel, sentado no chão do campo de jogo. Pode ser por ter perdido a bola, mas ter a certeza de que foi direcionado para ele? Aos nove minutos? Mas acho que você joga uma pressão trazer um árbitro de São Paulo sendo que seu principal concorrente é um time paulista. Não seria um bom senso colocar um árbitro de outro estado, um bom árbitro? São coisas que devem ser pensadas.

Com a expulsão, Gabigol se tornou desfalque para o próximo compromisso, assim como Filipe Luís, que recebeu o terceiro cartão amarelo. Desta forma, a lista de desfalques de Rogério Ceni voltou a crescer, visto que Thiago Maia é ausência confirmada até o fim da temporada. Apesar disso, o técnico espera contar com um ‘reforço’ contra o Fortaleza. Willian Arão está em fase final de recuperação e o Flamengo corre contra o tempo para tê-lo à disposição no jogo de sábado (26), às 19h (horário de Brasília), na Arena Castelão.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor insira o seu nome aqui