Mapa de calor: Gerson ‘se multiplica’ em campo e ratifica fama de coringa no Flamengo

O Campeonato Brasileiro está entrando em sua reta final, e o Flamengo segue na briga pelo título. Apesar da atual desvantagem de cinco pontos para o São Paulo, o Mais Querido ainda depende somente de si para ser campeão. Em meio a isso, um dos grandes pontos fortes do Fla é o atleta Gerson. Destaque no triunfo por 4 a 3 sobre o Bahia, o camisa 8 tem cumprido diversas funções ao longo da competição, fato ratificado pelo mapa de calor.

Conhecido desde 2019 como ‘coringa’, justamente pelo fato de conseguir se adaptar a diferentes posições e faixas de campo, Gerson aparece com frequência tanto no lado direito, quanto no esquerdo. Ainda no gráfico, é possível ver a ação do volante no famoso ‘box to box’, termo utilizado para classificar aqueles atletas que têm o trabalho de ajudar na defesa e também no ataque.

CONFIRA O MAPA DE CALOR, DESENVOLVIDO PELO SOFASCORE:

Direira, esquerda… Para frente e para trás: Gerson ocupa todos os espaços (Reprodução: Sofascore)

No jogo contra o Bahia, em específico, ele comandou o meio campo, criou lances de perigo e deu três ‘passes-chave’. No entanto, esta não foi a principal notícia envolvendo o jogador. Isso porque, infelizmente, o camisa 8 foi vítima de racismo, praticado pelo atacante Índio Ramirez, do Bahia. Com total apoio do Fla, Gerson pretende levar o caso às últimas consequências, até que o agressor seja devidamente punido.

Vale lembrar que, nesta segunda-feira (21), o elenco do Flamengo recebeu folga, e Gerson terá tempo para discutir e alinhas as ações junto ao clube. A equipe volta aos trabalhos na terça, quando se reapresenta no Ninho do Urubu e inicia a preparação para encarar o Fortaleza, em duelo marcado para as 19h do próximo sábado (26), no Castelão.