Gerson vai prestar depoimento sobre acusação de racismo nesta terça-feira

O meia Gerson acusou Juan Ramirez de injúria racial na partida entre Flamengo e Bahia, neste domingo, no Maracanã. A CBF pediu ao STJD para avaliar o acorrido para determinar a punição ao jogador do clube baiano.

Só que Gerson vai buscar a punição na esfera criminal de Juan Ramírez. Tanto que o jogador irá nesta terça-feira a Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância (Decradi), no Centro do Rio de Janeiro.

O atleta vai prestar depoimento sobre o caso de racismo. Isso porque o inquérito policial já foi aberto para apurar o caso.

Por conta do episódio, Juan Ramírez foi afastado das atividades no Bahia. Além disso, o clube baiano prestou apoio a Gerson e prometeu realizar uma investigação própria do caso.

Gabigol posta mensagem de apoio

Nas redes sociais, diversos clubes brasileiros publicaram mensagens de apoio a Gerson. Além disso, o atacante Gabigol também falou sobre o assunto.

“Estaremos sempre com você, Joker. Não podemos aceitar esse tipo de coisa e não vão nos calar! Lutaremos juntos sempre pela nossa raça, pela nossa cor! Fogo nos racistas!” escreveu.

Clubes se manifestam contra injúria racial sofrido por Gerson

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor insira o seu nome aqui