Gerson fará queixa-crime em delegacia, após injúria racial

As injúrias raciais sofridas por Gerson na partida de ontem (20/12) contra o Bahia não ficarão somente nas 4 linhas. Segundo informação do jornalista Pedro Ivo Almeida (Uol), o coringa reunirá seus advogados para realizar uma queixa-crime ao meia colombiano Indio Ramírez. A ideia é na manhã desta segunda-feira (21/12), o atleta fazer um boletim de ocorrência sobre o caso numa delegacia.

A acusação se baseia no depoimento do “Joker” na saída de campo, após a vitória épica contra o Bahia:

“O Ramírez, quando a gente tomou o segundo gol, não me lembro, reclamou do Bruno [Henrique]. E ele falou bem assim para mim: ‘Cala a boca, negro’. Isso eu nunca sofri, em toda a minha carreira profissional, e não aceito”