Bahia afasta Ramírez após acusação de racismo

Alexandre Vidal/Flamengo

Em nota imitada na madrugada de hoje, o Esporte Clube Bahia afastou o atleta colombiano Indio Ramírez (na foto à esquerda), após a acusação de racismo que o coringa Gerson fez na noite de ontem (20/12)

Segue a nota na íntegra:

“O Esporte Clube Bahia vem a público se manifestar sobre a denúncia de racismo feita pelo atleta Gerson, do Flamengo, ocorrida na noite deste domingo (20).
O atleta Indio Ramírez nega veementemente a acusação e a ele está sendo dada a oportunidade de se defender de algo tão grave.
O clube entende, porém, que é indispensável, imprescindível e fundamental que a voz da vítima seja preponderante em casos desta natureza.
Assim, decidiu afastar imediatamente o jogador das atividades da equipe até a conclusão da apuração.
O presidente Guilherme Bellintani ligou para Gerson a fim de prestar solidariedade.”

Clube pioneiro nas lutas socias, o Bahia vem demonstrando que está de acordo com seu discurso, que luta contra todas as formas de preconceito.