Súmula confirma expulsão de Gabigol, do Flamengo, por xingamento: ‘Vai tomar no…’

O árbitro Flavio Rodrigues confirmou que expulsou Gabigol na vitória do Flamengo por 4 a 3 diante do Bahia por “dirigir-se de maneira ofensiva e ostensiva após a disputa de uma jogada, dizendo as seguintes palavras: ”vai tomar no seu cu”. Após a expulsão, ainda alegou que o jogador retardou a sua saída do campo de jogo, contestando a decisão’.

Flávio Rodrigues de Souza ainda relatou que foi comunicado pelo delegado que Gabigol, no túnel de acesso ao vestiário, desabafou: “eu não falei nada disso, mas agora vou falar, vai tomar no **, vai tomar no **.”

O árbitro também confirmou na súmula que o caso de injúria racial de Ramirez contra Gerson ‘não foi percebido por nenhum membro da equipe de arbitragem no campo de jogo’. O caso será analisado pela Procuradoria do STJD ao longo da semana.

Entenda o caso

Gabigol, do Flamengo, foi expulso aos 9 minutos do primeiro tempo da partida contra o Bahia por Flávio Rodrigues de Souza por proferir xingamento. O atacante pediu falta de Gregore perto da área do time baiano, não marcada. Na sequência, o árbitro mostrou o cartão vermelho direto para o atacante.

Pouco depois, Flávio Rodrigues de Souza afirmou que o atacante o mandou “tomar no c…”, em áudio captado pela transmissão do Premiere. Gabigol ficou inconformado e, após deixar o gramado, falou que “agora manda mesmo”.

Caso o árbitro relate o xingamento na súmula, Gabigol pode pegar até seis jogos de suspensão, pois pode ser enquadrado no artigo 243-F do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor insira o seu nome aqui