Gerson acusa jogador do Bahia de racismo: “Cala a boca, negro”

Jogador também criticou o técnico Mano Menezes ao final da partida

Após a vitória de virada do Flamengo sobre o Bahia por 4 a 3 pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro, o volante Gerson acusou o meia Ramírez, do tricolor baiano, de ter proferido ofensas racistas contra ele.

“Eu nunca tinha sido vítima de preconceito, mas hoje pela primeira vez eu fui. Quando a gente tomou o segundo gol, se eu não me engano, o Ramírez veio na minha direção e falou ‘cala a boca, negro’. Isso eu não aceito. Falo em nome de todos os negros do Brasil”, disse o camisa 8 rubro-negro em entrevista ao canal Premiere no final da partida.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor insira o seu nome aqui