Meia do Flamengo aponta diferença nos treinos com Ceni: “Adaptar para ter a bola sempre”

Eliminado das competições de formato mata-mata, o Flamengo tornou todas as suas atenções para o Brasileirão, onde está em boa fase. São três vitórias seguidas, e a diferença para o líder caiu mais uma vez na última rodada. Pensando no próximo desafio, o Mais Querido inicia a preparação nesta terça (15), mas, antes do treino, o meia Arrascaeta concedeu entrevista coletiva no Ninho do Urubu, e esclareceu algumas questões. Entre elas, ele afirmou a necessidade de treinos intensos, para adaptar os atletas à rotina.

– Como falamos, são estilos de jogo diferente (Dome e Ceni). Precisamos de uma adaptação, para que possamos atacar sempre, ter a bola sempre. Mas essa semana será muito importante para estarmos 100%. O Ceni é uma grande treinador e estamos fechados com ele.

Além disso, o craque uruguaio comentou um pouco sobre o relacionamento com Rogério Ceni. Para o ‘Arrasca’, o treinador veio em bom momento, e já tem experimentado novas posições para o arsenal do meia. Sobre a mudança, o camisa 14 frisou que não está acostumado, mas que fará o melhor para a equipe sempre que for acionado de maneira mais recuada.

– São posições um pouco diferentes. Com Dome tinha mais facilidade de buscar jogo, mas sempre chegava na área. O método com o Rogério, um pouco mais atrás, não é normal para minhas características mas se precisar de mim darei o meu melhor pra equipe

Após a coletiva, como mencionado, os atletas seguiram para o treinamento inicial da preparação para o confronto diante do Bahia. O duelo será no domingo (20), às 18h15 (horário de Brasília), no Maracanã, e o Mais Querido pode ganhar posições.