“Capitão ou não, temos que cobrar”: Arrascaeta assume responsabilidade no Fla em meio a transições e decisões

Eliminado da Copa do Brasil e da Libertadores, o Flamengo foca suas atenções para o Campeonato Brasileiro, única competição que lhe restou na temporada. Antes de encarar o Bahia, no domingo (20), o clube realizou uma entrevista coletiva na tarde desta terça-feira (15), com o meia Arrascaeta. Dentre os diversos temas abordados, o uruguaio foi perguntado se seu jeito tímido interferiu no momento em que foi capitão da equipe.

– Mais do que nada sou um cara muito tranquilo, gosto de brincar com tudo e também dentro do campo. Sendo capitão ou não temos que cobrar. Aconteceu que tive de ser, com várias garotos e consegui passar tranquilidade para eles em um momento de tensão. Fiquei feliz porque vi que eles saíram motivados do jogo.

SIGA O FLAMENGO INFO NO TWITTER. Acesse!

Lembrando que em setembro, o Fla teve de lidar com um surto de coronavírus no elenco. Com muitos jogadores titulares e experientes contaminados, Arrascaeta assumiu a braçadeira de capitão e comandou os jovens, formados na base do clube, no empate em 1 a 1, diante do Palmeiras, fora de casa. Após a partida, o camisa 14 foi muito elogiado internamente pela comissão técnica e por seus companheiros.

Em busca do octacampeonato nacional, o Flamengo, de Arrascaeta e companhia, enfrenta o Bahia no próximo domingo (20), às 18h15 (horário de Brasília), no Maracanã, em partida válida pela 26ª rodada. O duelo será exibido pelo Premiere.