Cabem no Flamengo? Estrelas do River vivem futuro incerto no clube

River pode perder Borré, Montiel e De La Cruz. Bons nomes para o Flamengo?

Após serem vice-campeões da Libertadores no ano passado para o Flamengo, e perderem o título do Campeonato Argentino para o Boca Juniros, a diretoria do River Plate quer iniciar 2021 voltando aos dias de glória, porém pode perder alguns jogadores na próxima janela.

O atacante Rafael Borré, o lateral-direito Gonzalo Montiel e o meio-campista Nico De La Cruz podem assinar a partir de janeiro um pré-contrato com qualquer clube do mundo, e a situação do artilheiro colombiano é o que mais preocupa a direção do River.

Os argentinos possuem 50% dos direitos de Borré, e precisam comprar pelo menos 25% dos 50% que também possui o Atlético de Madrid, para que o autor do gol na final contra o Flamengo, permaneça no Monumental de Nuñez.

Entenda

Os direitos econômicos de Borré são divididos em partes iguais entre River Plate e Atlético de Madrid. Por isso, o clube Millionario encontra-se de mãos atadas, uma vez que, para renegociar qualquer acordo, uma equipe deve ter posse de ao menos 75% dos direitos de qualquer atleta.

Sendo assim, caso opte por adquirir os 25% restante, o River deverá desembolsar 3,5 milhões de euros (pouco mais de R$ 21 milhões).

De La Cruz

O uruguaio chegou na equipe argentina em agosto de 2017 e termina seu vínculo no dia 30 de junho de 2021. Revelado no Liverpool-URU, o meia uruguaio de 23 anos é constantemente convocado para a Seleção de seu país. São 14 gols marcados desde sua chegada na equipe do Monumental de Nuñez.

Gonzalo Montiel

Posição em que o Flamengo conta com Isla, Matheuzinho e João Lucas, o lateral-direito Montiel tem contrato com River Plate até junho de 2021. Titular no clube Millionario, sua perda traria sérios danos ao clube argentino.