Arrascaeta acredita que verão do Rio pode influenciar rendimento, mas diz: “Treinar forte para acostumar.”

Na tarde desta terça-feira (15), o meia Arrascaeta concedeu uma entrevista coletiva no CT Ninho do Urubu. Dentre os assuntos abordados e respondidos pelo atleta à imprensa, a temática sobre o estilo de jogo do Flamengo foi discutido. Para o uruguaio, as chances criadas para chegar ao gol depende de toda a equipe, que, segundo ele, ainda pode melhorar mais.

– Acho que passa tudo pelos meus companheiros. A capacidade de movimentação, criar espaço e sempre temos linha de passe para chegar ao gol. O time é qualificado e podemos melhorar ainda mais.

Além disso, De Arrascaeta também falou sobre como o verão do Rio de Janeiro pode afetas as atividades do clube e o andamento dos treinos, uma vez que o mês de janeiro é visto como um dos mais quentes no ano na capital fluminense. Para o jogador, as temperaturas elevadas podem afetar o rendimento e, para isso, devem treinar com mais intensidade.

– Aqui no Rio estamos em agosto e temos 35 graus, não vai mudar muito pra nós. Mas certamente as temperaturas elevadas pode influenciar no jogo e temos que treinar forte para acostumar.

Após a coletiva, o meia uruguaio se apresentou para o treino desta tarde, no Ninho do Urubu, visando o próximo confronto, contra o Bahia. O duelo acontece no domingo (20), às 18h15 (horário de Brasília), no Maracanã, em partida válida pela 26ª rodada. O duelo será exibido pelo Premiere. SIGA O FLAMENGO INFO NO TWITTER. Acesse!