Rogério Ceni terá quinteto ofensivo à disposição pela primeira vez no Flamengo

Neste domingo (13), Flamengo e Santos se enfrentam pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro. O duelo está marcado para às 16h (horário de Brasília), no Maracanã. Com retrospecto favorável como mandante enfrentando o time paulista, o Rubro-Negro busca a vitória para embalar na competição, e Rogério Ceni tem um fator diferencial para conseguir conquistar os três pontos. Pela primeira vez desde que assumiu o comando do Mais Querido, Ceni poderá contar com as peças principais do setor ofensivo.

Até o momento, Ceni comandou o Flamengo em sete jogos, e somente contra o Santos terá Everton Ribeiro, Arrascaeta, Bruno Henrique, Gabigol e Pedro à disposição. Isso porque, devido à convocações e lesões, esta é a primeira vez que o nome dos cinco aparecem na lista de relacionados do Mais Querido após a chegada do treinador. O mais recente desfalque era o camisa 9 que estava se recuperando de um desequilíbrio muscular e foi ausência nos últimos dois compromissos.

O quinteto ofensivo é a referência no ataque rubro-negro. Na temporada 2020, os cinco jogadores marcaram ao todo 72 gols. O número corresponde a 71% do total de vezes que o Flamengo balançou as redes. Dos 101 tentos convertidos neste ano, Pedro foi responsável por 20, Gabigol por 18, Bruno Henrique marcou 17, Everton Ribeiro ficou com nove e, por fim, Arrascaeta com oito. A representatividade é ainda maior se somarmos as assistências: Gabigol (10), Arrascaeta (9), Bruno Henrique (7), Everton Ribeiro (4) e Pedro (2).

Para o duelo contra o Santos, é possível que uma peça do quinteto não seja titular. Isso porque, de acordo com o esquema tático formado por Rogério Ceni, há quatro vagas para os cinco atletas. Devido ao momento, a dúvida é entre Gabigol e Pedro. O camisa 9 retorna ao time após ser desfalque nos dois últimos jogos e, por isso, Pedro vive a expectativa de ser acionado entre os 11 titulares novamente, assim como foi contra o Botafogo.

RETROSPECTO COM ROGÉRIO CENI:

Bruno Henrique: 7 jogos (7 titular)
Arrascaeta: 5 jogos (5 titular)
Everton Ribeiro: 5 jogos (4 titular e 1 reserva)
Gabriel Barbosa: 3 jogos (3 titular)
Pedro: 2 jogos (1 titular)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor insira o seu nome aqui