Apesar de eliminações, Ceni tem quase 80% de aproveitamento com o Flamengo no Brasileirão

O Flamengo viveu seu momento mais turbulento na última semana. Com a eliminação na Libertadores, diversas polêmicas estouraram nos bastidores, e o Mais Querido perdeu muito dinheiro com premiações. Um dos mais criticados foi o técnico Rogério Ceni, principalmente por conta de suas substituições e decisões questionáveis. Apesar disso, após a vitória do último sábado (05), diante do Botafogo, o treinador manteve a invencibilidade com o Rubro-Negro no Brasileirão.

Já são três jogos à frente do Mais Querido no Campeonato Brasileiro, com duas vitórias e um empate. Curiosamente, todos os duelos foram disputados no Rio de Janeiro, apesar do clássico diante do Botafogo ter sido com mando de campo do rival. Além do alvinegro, o Fla venceu o Coritiba no Maracanã, por 3 a 1, e empatou com o Atlético Goianiense em 1 a 1, no mesmo local. Com Ceni, o Mengo tem 77,6% de aproveitamento, conseguiu se manter no G-4 e em distância favorável em relação ao líder.

Porém, existe um empecilho na estatística: o Mais Querido ainda não teve nenhum grande desafio até agora, com Ceni. Como mencionado, os clubes que o treinador enfrentou são da parte de baixo da tabela e já estavam ‘circulados’ como vitórias quase certas. Na próxima rodada, sim, o Rubro-Negro terá um bom teste para embalar no campeonato: enfrenta o 8° colocado Santos, que está em boa fase na competição. A partida também será disputada no Rio, a segunda de uma sequência de três jogos em casa do Fla.

Flamengo e Santos se enfrentam no próximo domingo (13), às 17 (horário de Brasília), no Maracanã. Caso vença, o Mais Querido pode encurtar a diferença para o líder São Paulo, em busca do octacampeonato brasileiro, visto que é o único objetivo da temporada.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor insira o seu nome aqui