Entenda o que falta para o Flamengo renovar com Pedro e Diego Alves

Rubro-Negro foi impactado financeiramente pelas eliminações na Copa do Brasil e Libertadores, mas trata os assuntos como prioridade

Dentro de campo, a vitória do Flamengo por 1 a 0 diante do Botafogo aliviou o ambiente. Fora dele, duas novelas envolvendo permanências de jogadores preocupam para o decorrer da temporada. O Rubro-Negro corre contra o tempo para manter o atacante Pedro e tem até 31 de dezembro para resolver a situação de Diego Alves.

Inicialmente, Pedro é quem causa a maior preocupação. Apesar de estar emprestado pela Fiorentina até 31 de dezembro, o Flamengo tem até o dia 10 de dezembro para oficializar ao clube italiano que irá exercer a opção de compra do atacante.

A diretoria, por sua vez, trabalha para exercer a opção de compra prevista no vínculo — o valor do investimento será de 14 milhões de euros, cerca de R$ 87 milhões. Porém, as eliminações na Copa do Brasil e na Libertadores acabaram atrapalhando o planejamento financeiro do clube.

Já a situação de Diego Alves depende de um acordo entre as partes. O Flamengo apresentou nova proposta ao goleiro, com valores dentro do estabelecido pelo departamento financeiro, mas ainda não houve resposta. O contrato se encerra no fim deste mês.

Caídos, Gustavo Henrique e Diego Alves não impedem o gol de Sigali Foto: ANTONIO LACERDA/AFP / AFP

O goleiro ganhou o apoio das lideranças do elenco, que não tem gostado da maneira como a renovação está sendo tratada. O técnico Rogério Ceni é outro que gosta de Diego Alves e já manifestou o desejo mantê-lo.

A única certeza é de que a decisão está nas mãos do presidente Rodolfo Landim, que será o responsável por avaliar se o Rubro-Negro fará um esforço para manter o titular da posição.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor insira o seu nome aqui