Após solicitação do Fla, Botafogo retira faixa relacionada à tragédia do Ninho no Nilton Santos

O clássico entre Flamengo e Botafogo começou muito antes da bola rolar. A torcida do Alvinegro havia pendurado uma faixa fazendo alusão à tragédia do CT Ninho do Urubu e Rodrigo Dunshee, vice-presidente geral e jurídico do Mais Querido, utilizou a rede social para mandar um recado ao presidente do clube rival. Logo após a manifestação feita pelo dirigente do Fla, funcionários do Nilton Santos retiram o protesto feito pelos torcedores.

A faixa feita com a frase “aqui prezamos pelas vidas” foi retirada das arquibancadas após o Flamengo ameaçar ir ao Superior Tribunal de Justiça. Pelo Twitter, Rodrigo Dunshee fez questão de reforçar que os clubes são adversários e não inimigos ao solicitar que Nelson Muffarej, presidente do Botafogo, intercedesse pelo caso.

– Vou usar esse espaço para pedir ao presidente do Botafogo que retire essa faixa agressiva que é deselegante e tenho certeza que não partiu dele, mas se ele permitir será. Acho que isso não precisa virar uma questão que seja remetida ao STJD. Somos adversários e não inimigos.

Esta não é a primeira vez que a torcida do Botafogo proclama mensagens provocativas ao Flamengo. Nos outros clássicos de 2020, algumas faixas foram penduradas nas arquibancadas e não foram retiradas. No entanto, a situação deste sábado (05) chama atenção, isso porque, nesta semana, os muros da sede do Alvinegro amanheceram pichados com ameaças de morte aos jogadores: “Ou ganha ou morre”.Volume 0%

Pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro, Flamengo e Botafogo entram em campo às 17h (horário de Brasília). As equipes vivem momentos distintos na tabela. Enquanto o Fla busca conquistar a liderança, o Alvinegro precisa da vitória para tentar se livrar da zona do rebaixamento. O Mais Querido está na terceira posição com 39 pontos e o adversário é o penúltimo colocado com apenas 20.

CONFIRA:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor insira o seu nome aqui